Mariana Sá/LNB

Com game winner de Wiggins, Cerrado vence a segunda seguida no NBB

Com a moral elevada após vencer na última rodada o Campo Mourão, a equipe do Cerrado Basquete entrou em quadra na tarde deste domingo (31), para o último compromisso no ginásio do Maracanãzinho antes de regressar para Brasília. O adversário foi o Pato Basquete, 11° colocado e embalado por duas vitórias seguidas na competição.

Enredo

Com a bola laranja no alto, o equilíbrio marcou o primeiro quarto de partida, que terminou com parcial de 22×18 a favor da equipe candanga. No entanto, a eficiência nos arremessos da linhas dos três pontos foram o diferencial para os comandados do treinador Bruno Lopes – quatro bolas convertidas em seis tentativas.

O segundo quarto trouxe um Pato Basquete mais incisivo dentro do perímetro, liderado pelo Ala/Armador I. Thornton, os paranaenses conduziram a parcial do período do começo ao fim. Porém, Cresenzi e Paulo, ambos com bolas de três na reta final, impediram que o placar se desgarrasse. Final: 18×16 para o Pato.

Mariana Sá/LNB

De ânimo elevado devido a vitória no último quarto, o Pato Basquete voltou do intervalo disposto a reverter a desvantagem no placar. Dessa forma, Matheusinho, com 14 pontos no jogo, assumiu o protagonismo.

Por outro lado, o armador Coelho efetuou 11 pontos e, assim, impediu a reação dos paranaenses. Ao fim do terceiro quarto, a igualdade prevaleceu, sendo refletida na parcial de 18×18.

Nos 10 minutos finais, o Cerrado Basquete foi para cima e chegou a abrir vantagem com Crescenzi e Wiggins. No entanto, I. Thornton chamou a responsabilidade, e com 12 pontos no último quarto, conduziu a virada do Pato Basquete.

A 33 segundos do fim e atrás do placar por um ponto, Paulo roubou a bola e no estouro do cronômetro, foi servido por D. Nunes para matar a bola de dois pontos que recolocou a equipe na frente do marcador.

Entretanto, no ataque seguinte, a 10 segundos do final, o técnico da equipe Pato Basquete pediu tempo.

Com a bola em jogo, Coelho cometeu falta, levando Matheusinho para a linha de lance livre. O armador converteu as duas oportunidades, recolocando o Pato na frente – 76×75. Com sete segundos para armar uma nova jogada, Bruno Lopes pediu tempo.

No estouro do cronômetro!

E a estratégia funcionou, Coelho serviu o ala Wiggins, que acertou o arremesso de dois pontos para decretar a vitória do Cerrado Basquete por 77×76.

Ao fim do jogo, destaque para a atuação de Crescenzi, cestinha da equipe com 18 pontos e cinco rebotes; Wiggins, 16 pontos e seis rebotes; Coelho também com 16 e quatro assistências. Além do ala/pivô D. Nunes, com sete rebotes.

O que vem por aí?

Na próxima rodada, de volta em Brasília, o Cerrado recebe o Fortaleza no Ginásio da ASCEB, no domingo (7), às 20h. O duelo terá transmissão ao vivo do serviço de streaming DAZN.

Marcus Rodrigues

Estudante de jornalismo da Universidade Paulista (Unip). Repórter do portal Metrópoles. Comentarista esportivo. Idealizador da página @capitaldabola_ no Instagram. Integra a equipe do DF Sports+ desde julho de 2019

Marcus Rodrigues tem 129 posts e contando. Ver todos os posts de Marcus Rodrigues

Marcus Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *