Foto: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/SantosFC

Técnica brasiliense assume comando das Sereias da Vila

Christiane Lessa assinou nessa última semana o contrato para comandar a equipe feminina do Santos na temporada de 2021. Ela substitui Guilherme Giudice no comando técnico do alvinegro praiano. O ex-treinador santista comandou o time nos últimos três anos com apenas um título: a Copa Paulista de  2020.

Com 38 anos e nascida em Brasília, a Coach Lessa se mudou para os Estados Unidos da América (EUA) em 2001. Por lá, ela construiu sua carreira no futebol jogando em equipes universitárias e profissionais. Durante este período, ela também se dispôs a ser assistente técnica de equipes do high school – o ensino médio norte-americano.

Carreira

Em 2009, Lessa começou a se dedicar exclusivamente à carreira de treinadora quando recebeu um convite para dirigir o time de Miami Florida Memorial University. Três anos depois, trocou a calorosa Flórida pelo frio de Iowa para treinar o time da universidade Iowa Central. Lá ela foi campeã da liga universitária americana (NJCAA, em inglês National Junior College Athletic Association).

O título a levou para a Young Harris College, na Geórgia, antes do salto, em 2017, para o Campeonato Feminino dos Estados Unidos (NWSL, em inglês National Women’s Soccer League) como auxiliar do Washington Spirit e treinadora da equipe sub-20. Em 2018, Christiane treinou outra equipe sub-20, o Shandong da China, antes de se aventurar na Noruega.

No país nórdico, ela foi auxiliar do Avaldness, dividindo o comando técnico com Lena Tyriberget, que tinha a palavra final na equipe, mas dava autonomia total à brasiliense para comandar o time em sua ausência – Lena era também treinadora da seleção norueguesa sub-17.

No ano seguinte ela treinou o Sky Blue na NWSL e depois foi auxiliar técnica do Atlanta United, time da Liga de Futebol Norte-Americana (MSL, em inglês Major League Soccer), sendo a primeira mulher a desempenhar essa função em um time masculino nos EUA.

Apenas na última temporada Coach Lessa retornou ao Brasil, para então comandar o Foz Cataratas na Série A2 do Brasileirão Feminino. Porém, sua trajetória no time paranaense foi mais curta do que o planejado devido à pandemia de covid-19, que paralisou o campeonato e adiantou a saída da treinadora da equipe.

Lucas Bohrer

Jornalista esportivo formado em Comunicação Organizacional pela UnB. Viciado em acompanhar esportes e fascinado pela ideia de poder dar mais visibilidade a modalidades geralmente esquecidas.

Lucas Bohrer tem 104 posts e contando. Ver todos os posts de Lucas Bohrer

Lucas Bohrer

Um comentário em “Técnica brasiliense assume comando das Sereias da Vila

  • Avatar
    30 de janeiro de 2021 em 11:51
    Permalink

    Valeu Christiane pela experiência importante para o futebol feminino brasileiro.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *