Foto: Jefferson Rudy/CB/D.A PRESS

Finalista da Libertadores, técnico Cuca teve breve passagem pelo Gama em 2002

O ex-jogador e atual técnico do Santos, Cuca, já passou pelo futebol brasiliense no começo do século, mais especificamente em 2002, pouco tempo antes da Copa do Mundo começar, e deixou o clube logo depois do fim do Mundial.

O experiente técnico chegou em 15 de maio para comandar o Gama no hexagonal final do Candangão, substituindo o técnico Sérgio Alexandre. Comandado por Cuca, o Gama acabou terminando no segundo lugar, atrás apenas do CFZ, e fez seu último jogo em 3 de julho, derrotando o rival Brasiliense.

Apesar de não ter conquistado o título, Cuca teve um aproveitamento satisfatório na sua passagem pelo clube alviverde – foram 10 jogos com cinco vitórias, quatro empates e apenas uma derrota, com 17 gols marcados e 11 gols sofridos. Na época, treinou jogadores como Emerson Silva (hoje no Juventude, mas capitão do título do Candangão 2020) e de Jairo Araújo.

Críticas

O desempenho não agradou a torcida, que acabou protestando na época, inclusive atirando uma bicicleta no treinador quando ele estava no ônibus da equipe, como foi relembrado pelo técnico em 2016 em entrevista ao Correio Braziliense.

Com a pressão da torcida, o presidente da época (Wagner Marques) foi atrás da contratação do técnico Hélio dos Anjos antes mesmo da demissão de Cuca, que ficou sabendo da notícia da procura de outro técnico antes da sua última partida pelo clube.

Hélio chegou para substituir Cuca pouco antes do Brasileirão da Série A, na terceira edição seguida da equipe alviverde, mas acabou demitido no mesmo ano e o clube foi rebaixado na penúltima colocação (25º). Essa foi a última vez que o Gama disputou a Série A do Brasileiro, mesmo com a contratação do badalado atacante Paulo Nunes.

Depois da passagem pelo Gama, o técnico Cuca conquistou 10 títulos por grandes times do futebol brasileiro, e hoje, disputando a final da maior competição da América do Sul, pode conquistar seu 11º, além de sua segunda Libertadores.

João Paulo

Jornalista apaixonado em contar as histórias que o esporte proporciona. Boêmio e torcedor nas horas vagas.

João Paulo tem 100 posts e contando. Ver todos os posts de João Paulo

João Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *