Foto: Vinícius de Paula/DFSports+

Superliga Feminina: jogando em casa, Brasília Vôlei vence a segunda seguida

Na noite de terça-feira (15), o Brasília Vôlei recebeu no ginásio Sesi, em Taguatinga, o time do São Caetano pela quarta rodada da Superliga Feminina, atrasada devido ao surto de covid-19 no elenco, e venceu por três sets a um, com grande destaque para a líbero Vitória, que ganhou o prêmio Viva Vôlei da partida.     

O resultado do jogo não mudou a posição das equipes na tabela. O São Caetano segue sendo o lanterna, com oito derrotas em oito jogos, todas por 3×1 ou 3×0.  Já o Brasília, apesar da posição ruim, está entre os times que mais se prejudicaram com a pandemia da covid-19, então, o confronto de ontem foi apenas o seu sétimo jogo na liga, um a menos que o São José e Fluminense, que aparecem nas respectivas décima e nona colocações, e estavam, antes da partida, quatro pontos na frente, com seis pontos cada um.  

Com a vitória, o Brasília chegou a cinco pontos,  dois a menos que o Coritiba, primeiro time da zona classificatória, que ocupa a 12ª colocação e nesta rodada perdeu para o Flamengo por 3×2.  

O jogo

Primeiro set

No início do jogo, a partida estava equilibrada, com o São Caetano mostrando muita vontade de conquistar a sua primeira vitória. Lia foi o destaque, mostrando qualidade no bloqueio. a equipe paulista chegou a abrir uma vantagem de oito pontos, 20×12.

Depois disso, o Brasília cresceu no jogo e conseguiu encostar no placar, que ficou 23×20. Mas ainda sim, não foi o suficiente, e as visitantes venceram o set por 25×20.  

Segundo set

O segundo set começou da mesma maneira que o primeiro, muito disputado. Mas a equipe da casa teve muitos erros, principalmente no saque, com Edna e Sara.

Mas após retomar o ritmo de jogo, Ariane marcou três pontos de ace, fazendo com que o Brasília abrisse uma vantagem de seis pontos, 17×11. Do outro lado, o São Caetano seguia errando na parte ofensiva. Com isso, as mandantes fecharam o set em 25×17.

Foto: Vinícius de Paula/DFSports+
Terceiro set

Apesar de um começo ruim, com erros de saque e ataque, Ariane cresceu na partida e marcou cinco pontos, fazendo o Brasília abrir nova vantagem no terceiro set.

Bastou segurar a vantagem. Ingrid, Neneca e Aline, junto com Ariane, foram as responsáveis por grande parte dos pontos da equipe. A líbero Vitória também fez grande partida, defendendo muito bem as investidas cruzadas da oposta do São Caetano, Mari, pela esquerda. Ao final do set, mais uma vitória para o Brasília Vôlei, dessa vez, por 25×23.

Quarto set

No início do quarto set, muito nervosismo em quadra. O São Caetano chegou a abrir 3×0, mais uma vez com dois erros de ataque de Ariane, que apesar das falhas, seguia fazendo uma boa partida. Mas como nos outos sets, o Brasília cresceu ao decorrer do jogo e abriu 13×10. 

As visitantes seguiam disputando o jogo em busca de uma vitória no set, para levar a decisão para o quinto período. Mas Neneca desencantou e marcou três pontos seguidos, fazendo a equipe da casa abrir 21×14, fechando o set em 25×17 para o Brasília Vôlei.

Final de jogo

O jogo terminou com o Brasília Vôlei vencendo a segunda partida seguida, e entrando de vez na briga pela última vaga para as quartas de final da Superliga Feminina. 

O próximo confronto do time da capital está marcado para sexta (18), contra o Sesi Bauru, pela décima rodada da primeira fase, às 16h,  no mesmo ginásio Sesi, em Taguatinga. 

FICHA TÉCNICA

BRASÍLIA VÔLEI 3×1 ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA SÃO CAETANO

20/25, 25/17, 25/23, 25/17 

Brasília Vôlei
Ju Carrijo/Ariane, Aline/Edna, Neneca/Ingrid Felix. Líbero: Vitória. 
Entraram: Isa Paquiardi, Vivi e Sara
Técnico: Rogério Portela.

São Caetano 
Maynara, Lia, Bruna, Leticia Stephanie, Mari, Stephanie.
Técnico: Fernando Gomes  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *