Foto: Cadu Ferrer

Gama volta a vencer, mas fica em segundo do grupo

Após mais uma semana conturbada, com saídas de atletas e sem definição sobre os pagamentos de salários atrasados, o Gama recebeu o Atlético de Alagoinhas em seu estádio nesta sexta (27).

Após ficar duas partidas sem vencer, o alviverde conseguiu jogar bem e levar os três pontos. Já que o arquirrival Brasiliense também venceu, o resultado não foi suficiente para classificar o Periquito em primeiro do grupo, mas deixa o time empolgado para a próxima fase.

Primeiro tempo

A partida começou muito movimentada. Logo aos 6′, Éverton achou um ótimo passe para David Souza, que cruzou para Michel Platini. O camisa 9 até que cabeceou bem de peixinho, mas o goleiro Lupitinha fez ótima defesa, impedindo o gol alviverde.

O Atlético-BA respondeu na mesma hora. Após o goleiro de nome exótico fazer grande defesa, Fernandinho puxou contra-ataque e achou Naian dentro da área. O atacante finalizou com perigo, para defesa de Calaça.

Aos 8′, saiu o primeiro gol do jogo. Se movimentando muito bem, Fernandinho fez outra boa jogada e cruzou para Naian. O camisa 9 cabeceou bem, Calaça fez grande defesa, e na sobra, Jeam estufou as redes. 1×0 para o time baiano.

Pouco tempo depois, aos 15′, o Gama chegou ao empate. Romário fez boa tabela com Michel Platini, recebeu de volta e cruzou para o meio da área. Éverton, entrando em velocidade, conseguiu com um leve toque tirar do goleiro e empatar a partida. 1×1.

Aos 23′, o Gama chegou à virada. O volante Wallace achou lindo passe em profundidade para Esquerdinha, que cruzou para Michel Platini, que dessa vez não perdoou. 2×1 pro alviverde candango e ótimo partida no Bezerrão até então.

Já no final da primeira etapa, aos 42′, o Atlético-BA chegou com muito perigo novamente. O camisa 10 Renilson cruzou bem para Naian, que dominou com o peito e chicoteou, exigindo defesa fantástica do goleiro Calaça.

Segundo tempo

Assim como na primeira etapa, a primeira grande chance de gol do segundo tempo também partiu do Gama. Michel Platini achou um bolão para David Souza no lado direito do ataque. O camisa 11 finalizou forte, no canto, e exigiu uma defesaça do goleiro Lupitinha.

Aos 10′, Éverton recebeu em velocidade e cruzou rasteiro para a entrada da área. Michel Platini recebeu enquanto corria e emendou uma bomba de primeira, mas a bola acabou subindo demais.

Após um momento sem muitas chances na partida, Norton recebeu dentro da área, aos 33′, e fez o papel de pivô para Éverton. O camisa 7 finalizou forte, exigindo mais uma boa defesa do goleiro Lupitinha.

Dois minutos depois, Lupitinha saiu mal e tocou errado na entrada da área. Platini, com muita qualidade, tocou de cobertura, mas acabou acertando o travessão. Quase o terceiro gol do Periquito.

Já no final do jogo, aos 42′, Éverton recebeu boa reposição do goleiro Calaça, disparou em velocidade, tocou para Norton, que deixou para Renatinho. O camisa 16 finalizou rasteiro e Lupitinha salvou mais uma vez.

Fim de jogo. Gama vence o Atlético-BA, reencontra o caminho das vitórias após duas partidas e se classifica em segundo lugar no grupo A6. O alviverde enfrentará o Goianésia na próxima fase.

Ficha técnica

GAMA 2×1 ATLÉTICO-BA

Campeonato Brasileiro Série D – primeira fase (14ª rodada)
Estádio Bezerrão, Gama-DF, 16h

Árbitro: Diego da Silva (SE)
Assistente 1: Lehi Sousa Silva (DF)
Assistente 2: Milton Jeronimo Souza Alves (DF)
4º árbitro: Rafael Martins Diniz (DF)
Analista de campo: Jamir Carlos Garcez (DF)

Gama
Calaça; Gabriel (Filipe Werley), Gustavo, Emerson Silva, Júlio Lima; Wallace (Renatinho), Romário (Andrei Alba), Esquerdinha; Éverton (Ueslei), David Souza (Norton) e Michel Platini.
Técnico: Vilson Tadei

Gols: Éverton e Michel Platini
Cartões amarelos: Júlio Lima, Wallace e Emerson Silva
Cartões vermelhos: não houve

Atlético-BA
Lupitinha; Dionisio, Iran, Saulo, Guilherme (Edilton); Gilmar, Diego (Alef), Renilson (Emerson), Fernandinho (João); Jeam e Naian
Técnico: José Carijé

Gols: Jeam
Cartões amarelos: Saulo
Cartões vermelhos: não houve

Eduardo Blatt

Estudante de Jornalismo, apaixonado por esportes e amante do futebol local. Sempre foi aquele que, quando começa a resenhar com os amigos sobre futebol, não tem quem o faça parar. Agora, busca fazer isso como profissão.

Eduardo Blatt tem 25 posts e contando. Ver todos os posts de Eduardo Blatt

Eduardo Blatt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *