Foto: Luciano Villalba Neto

Candanguinho: Legião está na final e garante vaga para a Copinha

Neste sábado (21), Real Brasília e Legião se encontraram para o jogo da volta das semifinais do Candanguinho 2020. Após perder de 1×0 no jogo de ida, o Real precisava buscar, dentro de casa, uma vitória simples para conseguir ir até a final e se classificar para a Copa São Paulo, onde fizeram boa campanha no ano passado. Porém, neste ano o sonho não se concretizou.

O Legião conseguiu armar uma defesa muito segura e impediu o Real Brasília de concretizar seus ataques. Segurando o resultado de 0x0, o time do rock, como é conhecida a equipe que leva em seu nome uma homenagem ao grupo Legião Urbana, banda brasiliense de enorme sucesso na década de 90, festejou muito a classificação para a competição de base de maior prestígio no país.

Primeiro tempo

O primeiro tempo da partida foi de muito equílibrio. As duas equipes criaram oportunidades de gol, mas poucas que levavam um grande perigo para o gol adversário. Com a defesa muito bem postada, o time do Legião impedia que o Real Brasília, equipe que precisava buscar o gol devido ao jogo de ida, encaixasse um ataque mais perigoso, mesmo com os meninos do Real atacando de forma contundente e tendo um volume ofensivo interessante.

Aos 31′, a primeira grande oportunidade do jogo veio dos pés de Romulo, atacante do Legião. O camisa 9 recebeu um excelente passe de Gabriel, por cima da zaga do Real Brasilia, mas não conseguiu concluir a finalização por cobertura com precisão.

Em seguida, foi a vez do Real levar perigo ao gol do time do rock. Felipe finalizou bem de fora da área e chegou perto de fazer um bonito gol. A bola acabou indo pra fora, passando perto do lado direito do gol de Spinelli.

Foto: Luciano Villalba Neto

Segundo tempo

No segundo tempo, o Real Brasília tomou conta das ações e da posse de bola da partida. Imprimindo um ritmo de jogo bastante intenso, a equipe do treinador Gerson Ramos atacava muito, mas parava no ótimo sistema defensivo do Legião, que respondia sempre com bons contra-ataques.

Aos 12′, o Legião conseguiu chegar com perigo. Melo fez bela jogada pelo lado direito e entrou na área, sendo parado somente pelo goleiro João Victor. O arqueiro saiu bem e fechou o ângulo, impedindo que o atacante do Legião conseguisse realizar a finalização.

O time do rock chegou novamente aos 28’. O camisa 10 Juninho fez boa jogada individual pelo lado esquerdo e finalizou com perigo de fora da área. A equipe laranja continuou aproveitando os espaços deixados pela defesa do Real e, aos 31′, Charles recebeu ótimo passe dentro da área, finalizou de direita e foi bloqueado pelo zagueiro do Real. Na sobra, puxou para a perna esquerda, chutou e exigiu ótima defesa do goleiro João Victor.

Aos 47′, nos minutos finais da partida, o Real teve sua melhor chance do jogo. Após finalização de fora da área de Guilherme, a bola sobrou dentro da área para Matheus, que teve seu chute bloqueado. A bola sobrou limpa para Índio, que finalizou fraco no canto esquerdo, deixando o goleiro Spinelli com condições de fazer boa defesa e impedir o gol que levaria o Real para a Copinha.

Fim de jogo. 0x0 no Defelê e o Legião se classifica para a final do Candanguinho e para a Copa São Paulo de 2021. A última vez que o time do rock participou do torneio foi em 2019, quando conseguiu se classificar para a segunda fase da competição.

Técnico do Legião desaba após conseguir a classificação. Foto: Luciano Villalba Neto

Após a classificação, o técnico Bruno conversou com o DFSports+ sobre o jogo e as expectativas para a final, confira.

Entrevista com o técnico Bruno Cezario, do Legião

O capitão Caio, do Legião, não pode jogar, mas também falou sobre a partida ao final. “Foi um jogo muito equilibrado, as duas equipes jogaram bem. Para a final, vamos conscientes, com os pés no chão, em busca do objetivo, estamos trabalhando muito para conquistar o título”, afirmou.

A final do Candanguinho está marcada para o próximo sábado (28), às 10h30, no Bezerrão, contra o vencedor do confronto entre Gama e Planaltina.

Ficha técnica

REAL BRASÍLIA 0x0 LEGIÃO

Candangão sub-20 2020 – Semifinal
Estádio do Defelê – 21/11/2020, 15h00

Árbitro: Leandro Almeida Damas de Oliveira
Assistentes: Renato Gomes Tolentino e Josieliton Silva dos Santos
Quarto árbitro: Gildevan Lacerda Gonçalves

Real Brasília

João Victor; Ítalo (Carlesso), João Afonso, Erick e Felipe; Miguel, Souto (Guilherme), Ryan (Matheus) e Índio; Allan Christian (Jeferson) e Vinícius.
Técnico: Gerson Ramos

Gols: não houve
Cartão amarelo: não houve
Cartão vermelho: não houve

Legião

Spinelli; Estevão Willian, Rogério, Sousa e Lucas; Gabriel, Victor Cássio e Juninho (Pedro); Luander (Charles), Melo (Juan) e Rômulo (Izarron).
Técnico: Bruno Cezario

Gols: não houve
Cartão amarelo: Estevão Willian
Cartão vermelho: não houve

Eduardo Blatt

Estudante de Jornalismo, apaixonado por esportes e amante do futebol local. Sempre foi aquele que, quando começa a resenhar com os amigos sobre futebol, não tem quem o faça parar. Agora, busca fazer isso como profissão.

Eduardo Blatt tem 17 posts e contando. Ver todos os posts de Eduardo Blatt

Eduardo Blatt

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *