Foto: Reprodução/Instagram

“Mistão” do Gama passa fácil pelo Palmas e se firma na liderança

Pela sexta rodada da primeira fase da Série D, o Gama usou um time alternativo para enfrentar o Palmas na tarde desta quarta-feira (14). Como o alviverde é líder e os tocantinenses ocupavam a lanterna, o técnico Vilson Tadei decidiu poupar alguns atletas e rodar o elenco. Os reservas que foram a campo não decepcionaram e somaram mais uma vitória.

O jogo

De um lado, um time jovem, com poucos recursos e fragilizado por conta da sequência de jogos. Do outro, o dono da melhor campanha da competição, que aproveitou a ocasião para dar folga aos titulares que vinham numa sequência pesada desde julho. Dado este cenário, já era de se imaginar que o primeiro tempo não seria de encher os olhos dos espectadores.

A primeira chance da primeira etapa veio aos três minutos. Everaldo cruzou na área, e Michel Platini recebeu livre. Como a bola veio baixa, o centroavante teve que fazer certo malabarismo para conseguir cabecear, e acabou mandando por cima.

Com menos de 20 minutos, o Palmas perdeu dois jogadores por lesão. Ruan e Vinícius saíram para entrada de Felipe e Gustavo. Com isso, o técnico Robson Tavares perdeu duas das três paradas possíveis para substituição.

Aos 35’, o Gama abriu a porteira. Everaldo, responsável pelas bolas paradas nesta tarde, cobrou falta na cabeça de Platini. Desta vez, a bola veio redondinha para o camisa 9, que cabeceou para o fundo do gol. Gama 1×0.

A única chance do Palmas veio após um erro na saída de bola da zaga do Gama. Wallace errou passe e deu a bola nos pés de Gustavo, que disparou no rumo do gol. Porém, na hora de finalizar, o zagueiro gamense já havia se recuperado e interceptou a finalização.

Aos 46’, foi a vez da zaga do Palmas errar. Ueslei dominou, fugiu da falta, mas acabou passando mal a bola. O zagueiro adversário afastou e, na sobra, Romário arriscou de longe, nas mãos do goleiro Jennerson.

Logo aos 27 segundos do segundo tempo, David Souza recebeu passe de Michel Platini na direita e encobriu o goleiro para marcar o segundo. 2×0 Gama.

Aos 4’, a zaga do Palmas falhou feio, e a bola caiu livre nos pés de Platini. Frente a frente com Jennerson, o centroavante também encobriu o goleiro adversário. 3×0 Gama.

A partir daí, o Palmas perdeu totalmente as forças para reagir ou impedir a chegada do alviverde. Enquanto isso, o Gama tocava bola no campo de ataque em busca de um espaço para ampliar a vantagem.

Aos 25’, uma boa chance do Palmas. Felipe recebeu e saiu na cara de Calaça, mas o goleiro do Gama evitou o gol de honra do time da casa.

Entre chances perdidas pelo Gama e lampejos do Palmas, a partida foi se arrastando até o apito final do árbitro Luciano Lins de Castro Silva, que não quis nem saber de acréscimos. Fim de jogo: Palmas 0x3 Gama.

Panorama e próximos jogos

O resultado deixa o Gama com a melhor campanha da Série D, com cinco vitórias e um empate. A liderança do Grupo A6 é do time, que tem 16 pontos.

Já o Palmas vai se arrastando na competição. Com apenas um gol em seis jogos, o time se afunda na lanterna sem ter somado um ponto sequer.

Na próxima rodada, o Gama recebe o Bahia de Feira no Bezerrão, no sábado (17), às 16h. Mais tarde, às 19h30, o Palmas visita a vice-lanterna Caldense na casa dos mineiros.

FICHA TÉCNICA

PALMAS 0x3 GAMA

Campeonato Brasileiro Série D 2020 – primeira fase, 6ª rodada
Estádio Nilton Santos, Palmas-TO – 14/10/2020, 16h

Árbitro: Luciano Luís de Castro Silva (PE)
Assistentes 1 e 2: Natal da Silva Ramos Júnior e Alvani Nunes Brito (TO)
Quarto árbitro: André Rodrigo Rocha (TO)

Palmas
Jennerson; Leite, Anthony, Marcelo Augusto (Jeferson), Ruan (Felipe); João Bernardo, Kanon (Isaac), Boró e Luis Fellipe; Cleberson (Zé Elias) e Vinícius (Gustavo)
Técnico: Robson Tavares

Gols: não houve
Cartões amarelos: não houve
Cartões vermelhos: Anthony

Gama
Calaça; Everaldo, Wallace, Rambo e Paulo Henrique; Romário (Renato Xavier), Ikaro (Gordo) e Esquerdinha (Gilsinho); Ueslei (Felipe Sousa), David Souza e Michel Platini
Técnico: Vilson Tadei

Gols: Michel Platini (35’ 1T), David Souza (27’’ 2T), Michel Platini (4’ 2T)
Cartões amarelos: Wallace
Cartões vermelhos: não houve

Willian Matos

Jornalista com experiência em redação, assessoria de imprensa, rádio e portais da web. Toca cavaco quando dá tempo. Tem a certeza que Rogério Ceni é melhor que Marcos. É editor-chefe do DF Sports+ desde maio de 2019

Willian Matos tem 165 posts e contando. Ver todos os posts de Willian Matos

Willian Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *