Brasiliense acorda na etapa final e vira contra o Tupynambás

O Brasiliense venceu a segunda partida consecutiva na Série D. Em Juiz de Fora, o Jacaré visitou o Tupynambás e goleou por 4×1. O time do Distrito Federal terminou o primeiro tempo perdendo por 1×0, mas voltou com tudo na etapa complementar e não deu chances ao adversário.

Primeiro tempo

O Jacaré não fez um bom primeiro tempo, e o goleiro Arthur praticamente não teve trabalho. O time do treinador Edson Souza não conseguiu mostrar o mesmo volume de jogo da última rodada quando venceu o Palmas por 5×0, e não criou chances de gol. Faltou uma aproximação melhor entre os meias e o centroavante Zé Love, que ficou muito isolado e não recebeu nenhuma bola em condições de finalizar.

Enquanto isso, o time mandante conseguiu produzir mais ofensivamente, e ainda na primeira etapa, abriu o placar com o atacante Fabinho Alves, aos 39 minutos. O lado direito do Baeta, com boas jogadas do lateral Paulo Vitor no ataque, deu bastante trabalho ao sistema defensivo do Jacaré.

Segundo tempo

O time do DF voltou diferente para a etapa final, enquanto o time de Minas Gerais parecia que tinha ficado no vestiário. Logo aos dois minutos, o estreante Maicon Assis empatou a partida. E poucos segundos depois, Luquinhas fez boa jogada pela esquerda, e Zé Love virou o jogo.

Aos 18 minutos, saiu o terceiro gol do Jacaré. O atacante Luquinhas, que no primeiro tempo havia perdido boa chance, se redimiu. Em chute de chapa de fora da área, fez o 5º gol dele no Brasileirão. Em seguida, Zé Love fez mais um, após jogada pela direita, assim como na partida contra o Palmas.

Com o resultado, o Brasiliense segue na zona de classificação para a segunda fase, agora na segunda colocação, atrás apenas do Gama, que também venceu hoje. O próximo compromisso do Jacaré é em casa, na próxima segunda feira (19), contra o Villa Nova-MG.

FICHA TÉCNICA

TUPYNAMBÁS 4×1 BRASILIENSE

Estádio Municipal de Juiz de Fora – 14/10/20, 20h30
Campeonato Brasileiro Série D – 6º rodada

Árbitro: Rafael Martins de Sá-RJ
A1: Luiz Antônio Barbosa-MG
A2: Douglas Almeida Costa-MG
4º árbitro: Paulo César Zanovelli-DF

Tupynambás:

Gols: Fabinho Alves
Cartões amarelos: Vinícius Leonel
Cartões vermelhos: não houve

Arthur; Paulo Vítor, Adriano Seixas (Gustavo), Maarcos Alemão e Adriano Rafael (Diego); Guilherme (Bruno Vieira), Vinícius Leonel e Nunes (Marcus Vinícius); Ygor, Wellington (Albert) e Fabinho Alves.

Técnico: Guiba

Brasiliense:

Fernando Henrique, Diogo, Badhuga (Fernandinho), Keynan, Peu, Bruno Lima, Balotelli, Luquinhas (Romarinho), Romário (Maicon Assis), Peninha (Mariano) e Zé Love (Marcos Aurélio)

Técnico: Edson Souza

Gols: Maicon Assis, Zé Love (2x), Luquinhas
Cartões amarelos: não houve
Cartões vermelhos: não houve

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *