Com golaço de Vitor Xavier, Gama estreia com vitória fora de casa

O pontapé inicial do Gama na Série D foi somando três pontos! No estádio Carneirão, o alviverde bateu o Atlético de Alagoinhas-BA com um golaço de Vitor Xavier.

O Gama começou melhor. Nos dez primeiros minutos, o Atlético de Alagoinhas mal tocou na bola, enquanto o alviverde tentava levar perigo nas bolas paradas de Andrei Alba.

Aos 12′, o Alagoinhas surpreendeu após uma ligação direta. Tobinha disparou pela direita e contou com um escorregão do zagueiro Emerson para levar vantagem na jogada. O meia cruzou para Jeam, que dominou, mas foi interceptado pela zaga na hora do chute.

Dois minutos depois, o Gama respondeu em bola parada. Andrei Alba colocou a bola na cabeça de Emerson, mas o zagueiro cabeceou por cima.

Aos 26′, o Atlético de Alagoinhas chegou com perigo. Após troca de passes, Tobinha cruzou, e a bola passou na frente da meta defendida por Calaça.

Aos 44′, o Gama foi premiado pela boa partida. Alba roubou bola no meio, driblou o marcador e passou para Everton na direita. O camisa 7 dominou e levantou na área. Vitor Xavier pegou de primeira, sem deixar cair, e abriu o placar em grande estilo. Golaço!

Aos 44’, Vitor Xavier marcou o gol do jogo.

Calaça soberano

O Atlético de Alagoinhas voltou para o segundo tempo tentando empatar a partida. Aos dois minutos, Alba fez falta na entrada da área. O zagueiro Emerson, do time baiano, bateu bem, obrigando Calaça a espalmar. Era a primeira das várias boas intervenções do camisa 1 do Gama na etapa final.

Aos 11′, o time da casa levou perigo em mais uma cobrança de falta. De longa distância, Felipinho bateu direto no canto esquerdo. Calaça defendeu.

O Atlético-BA tinha mais posse, mas só conseguia chegar efetivamente na bola parada. Aos 31′, Vitinho cobrou mais uma falta, mandando a bola à esquerda da meta do camisa 1 do Gama.

Felipinho arriscou de fora da área aos 41’, e acertou um belo chute. Calaça defendeu, e a bola sobrou no meio da área. No rebote, Naian isolou completamente e perdeu a chance de empatar a partida. Dois minutos depois, Tobinha também experimentou de longa distância e colocou o goleiro do Gama para trabalhar mais uma vez.

Aos 47′, Naian recebeu cruzamento muito forte, mas ainda assim tentou acertar um cabeceio. Mais uma vez, Calaça defendeu.

Antes do fim da partida, o árbitro Raimundo José Chagas Araújo expulsou Nunes em lance confuso, aparentemente por reclamação. Por conta do cartão vermelho, o centroavante fica de fora do duelo contra o Brasiliense na próxima rodada.

Apesar dos ânimos aflorados no fim da partida, não deu tempo para mais nada. Fim de papo: Atlético de Alagoinhas-BA 0x1 Gama.

Na próxima rodada, o Gama faz o clássico contra o Brasiliense. O jogo será disputado no sábado (26), às 17h, no Bezerrão. O Atlético de Alagoinhas vai até Poços de Caldas-MG enfrentar a Caldense no Ronaldão, também no sábado, às 19h30.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO DE ALAGOINHAS 0x1 GAMA

Campeonato Brasileiro Série D – primeira fase, primeira rodada
Estádio Carneirão, Alagoinhas-BA – 19/09/2020, 20h30

Árbitro: Raimundo José Chagas Araújo (MA)
Assistentes 1 e 2: Luanderson dos Santos (BA) e Wesley Santos (BA)
Quarto árbitro: Josué Reis Junior (BA)
Analista de campo: Ademilson Carige (BA)

Atlético de Alagoinhas
Fábio Lima; Edson, Mailson, Emerson e Felipinho; Lucas Alisson (Reninha), Dionísio (Leandro Sobral), Vitinho e Tobinha; Russo (Miller), Jeam (Robert)
Técnico: Agnaldo Liz

Gols: não houve
Cartões amarelos: Edson
Cartões vermelhos: não houve

Gama
Calaça; Gabriel, Gustavo, Emerson, Júlio Lima; Wallace, Andrei Alba (Ikaro), Norton (Filipe Werley); Everton (Michel Platini), Vitor Xavier (Malaquias), Nunes
Técnico: Vilson Tadei

Gols: Vitor Xavier (44′ 1ºT)
Cartões amarelos: Gustavo, Gabriel, Wallace, Calaça
Cartão vermelho: Nunes

Willian Matos

Jornalista com experiência em redação, assessoria de imprensa, rádio e portais da web. Toca cavaco quando dá tempo. Tem a certeza que Rogério Ceni é melhor que Marcos. É editor-chefe do DF Sports+ desde maio de 2019

Willian Matos tem 169 posts e contando. Ver todos os posts de Willian Matos

Willian Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *