Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Brasiliense domina o jogo, mas para em grande atuação de Matheus Lorenzo

Luziânia e Brasiliense jogaram no Serra do Lago a primeira partida das quartas de final. O Jacaré até tentou ganhar o jogo, mas o goleiro Matheus Lorenzo brilhou, e com uma série de defesas difíceis, foi o nome do jogo. 

Com a igualdade no placar, a decisão fica para o jogo de volta. Os times se encontram novamente no próximo sábado (15), às 15h30, no Serejão. 

Primeiro tempo

A tarde foi de forte calor, mas o jogo começou morno e sem grandes chances para ambas as equipes. Aos 4’, após boa troca de passes, a bola sobrou para Radamés, que emendou de longe e chutou pra fora. Sem muitas emoções, o jogo só teve um novo ataque perigoso aos 39’, quando após cobrança de escanteio, Radamés cabeceou pra fora.

Segundo tempo

O segundo tempo começou bem diferente do primeiro, e teve o Brasiliense buscando abrir o placar e dominando a maioria dos ataques. Aos 5’, Zé Love recebeu pela esquerda, fintou para trás e cruzou na cabeça de Douglas, mas Matheus Lorenzo fez uma grande defesa. No rebote, Marcos Aurélio ainda tentou de canhota, mas acabou chutando pra fora. 

Aos 7’, Douglas recebeu de Zé Love, mas acabou chutando muito alto. A pressão continuou, e aos 17’, Marcos Aurélio teve outra chance de abrir o placar, dessa vez em cobrança de falta no ângulo, mas parou novamente em grande defesa de Matheus Lorenzo. 

O goleiro Matheus estava inspirado. Aos 25’, o volante Fabinho cortou para dentro e bateu forte, para mais uma defesa. Três minutos depois, bola cruzada para área e Zé Love cabeceou firme, para fora. 

O atacante do amor participou bastante das jogadas, e aos 30’, recebeu de Marcos Aurélio uma bola enfiada com categoria e finalizou bem, mas outra vez, o goleiro Matheus Lorenzo apareceu para fazer grande defesa.

O Luziânia só conseguiu chegar aos 38’, após troca de passes que resultou em finalização de Dadinho, longe do gol. No lance seguinte, Zé Love arriscou de muito longe, Matheus espalmou, e a bola bateu na trave. 

Aos 41’, Marcos Aurélio cobrou falta perto da área com muita categoria, e Matheus Lorenzo apareceu novamente. A melhor chance do Luziânia no jogo aconteceu aos 47’: Marreta passou para Lucas pela direita, que conseguiu avançar e finalizar, assustando Fernando Henrique. 

O Brasiliense ainda teve a última bola do jogo aos 50’, quando Marcos Aurélio fez ótimo cruzamento e Badhuga subiu sozinho para cabecear, e pela última vez nessa quarta, Matheus Lorenzo apareceu para salvar a equipe do Luziânia. 

FICHA TÉCNICA

Luziânia 0 x 0 Brasiliense

Campeonato Candango 2020 – quartas de final (ida)

Estádio Serra do Lago, Luziânia-GO – 12/08/2020, 15h30

Árbitro: Leandro Almeida

A1: Lucas Torquato

A2: Lucas Costa

4° árbitro: Adriano Luiz

Luziânia

Matheus Lorenzo; Cleiton, Santiago, Lúcio e Goduxo; Juninho, Matheus Cunhado (Dadinho) e Allanzinho; Kelvin, Lucas Silva (Marreta) e Titico
Técnico: Sebastião Rocha

Gols: não teve

Cartão amarelo: Titico, Allanzinho e Goduxo

Cartão vermelho: não teve

Brasiliense

Fernando Henrique; Railan (Romarinho), Badhuga, Rodrigo e Esquerdinha; Radamés (Neto Baiano), Bruno Lima (Aldo), Sandy e Douglas (Fabinho); Zé Love e Renatinho (Marcos Aurélio)
Técnico: Márcio Fernandes

Gols: não teve

Cartão amarelo: Railan e Zé Love 

Cartão vermelho: Márcio Fernandes

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 297 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *