Foto: Metropoles.com

TJD-DF pune Sobradinho com multa, mas mantém clube no G8

Foi realizada na manhã desta segunda-feira (29) o julgamento que envolvia o Sobradinho. O alvinegro estava pautado na justiça por acontecimentos fora das quatro linhas: faixas da torcida do Jacaré de conteúdo homofóbico foram exibidas nas arquibancadas do estádio Augustinho Lima com ofensas ao árbitro Cristiano Gayo (imagem acima), que apitava o jogo Sobradinho x Ceilândia pela oitava todada do candangão 2020.

Em julgamento virtual, a corte entendeu por dois votos a um que o clube infringiu dois artigos (191 e 243) do CBJD e converteu em multa o primeiro por R$ 1.000,00 e o segundo por R$ 5.000,00. No entanto descartou tirar pontos do clube, mantendo-o na oitava colocação e classificado para as quartas de final.

Com os recentes resultados do TJD-DF, estão definidos os oito clubes que irá disputar a segunda fase do estadual, cujo recomeço está programado para o dia 18 de julho. Apenas uma mudança nos confrontos pode ocorrer, a depender do resultado da partida adiada entre Gama x Real Brasília. Caso o Leão saia vitorioso no confronto, o Brasiliense herdaria a liderança no saldo de gols e teria seu adversário alterado nas quartas de final.

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2428 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Um comentário em “TJD-DF pune Sobradinho com multa, mas mantém clube no G8

  • Avatar
    29 de junho de 2020 em 12:10
    Permalink

    Informação desencontrada, quem foi julgado foi o LEÃO DA SERRA, por manifestações da sua TORCIDA, não foi a torcida do jacaré quem colocou a faixa!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *