Foto: arquivo pessoal

Diretor da FFDF crê em sucesso de Paulo Victor na Secretaria Executiva de Futebol

O ex-goleiro Paulo Victor assumiu a Secretaria Executiva de Futebol do DF de forma oficial nesta sexta-feira (26). Essa nomeação pode trazer bons frutos para o esporte na capital federal. A boa relação do ex-atleta do Fluminense com o diretor técnico da Federação de Futebol do Distrito Federal (FFDF), Márcio Coutinho, deve estreitar os laços entre o GDF e os times de Brasília.

Os dois se conhecem desde os tempos de infância, quando moravam no Cruzeiro Velho. E a parceria entre eles não vem só de agora: Márcio e Paulo Victor já trabalharam juntos na Federação de Beach Soccer e na Seleção Brasileira da categoria. Agora, o diretor da FFDF espera que, juntos, consigam ajudar o futebol local.

“Estou muito confiante para com as pessoas que estão à frente da Secretaria de Esporte. São pessoas da cidade que conhecem os nossos problemas e as nossas dificuldades. Assim sendo, o diálogo flui melhor para um entendimento coletivo”, afirmou, em entrevista ao DF Sports+.

A primeira medida a ser adotada pela Secretaria Executiva de Futebol, na visão de Márcio Coutinho, deve ser em relação aos palcos dos espetáculos do futebol brasiliense: os estádios. “Hoje, um dos maiores problemas para o futebol são os laudos. Porém, é uma coisa que parece que com essa gestão esportiva tá indo bem. Estou vendo que estão todos imbuídos para uma solução, coisa que não acontecia anteriormente”, explicou.

Médio e longo prazo

Coutinho também revelou algumas das pretensões da FFDF para o futuro. “Devemos pensar nas categorias de base, masculinas e femininas. Também temos de nos preocupar em capacitar as pessoas envolvidas no futebol, com cursos de especialização nas mais diversas áreas de atuação”, projetou o diretor técnico.

Ter uma relação próxima entre os clubes e as autoridades do GDF traz expectativas boas para que o futebol de Brasília volte ao cenário nacional. Coutinho acredita que Paulo Victor seja uma solução para esse problema. “Paulo Victor tem por obrigação fazer um trabalho bom. Ele conhece as pessoas e esteve dentro de campo, então, sabe muito bem o que é necessário para um bom desenvolvimento da prática de futebol em todas as categorias”, contou. “Agora é ter calma e paciência. Erros e acertos irão acontecer naturalmente.”

Luiz Fernando Santos

Engenheiro eletrônico de formação, decidiu seguir a carreira jornalística por amor ao esporte. Está na área como repórter e comentarista desde 2018.

Luiz Fernando Santos tem 58 posts e contando. Ver todos os posts de Luiz Fernando Santos

Luiz Fernando Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *