Foto: Frank Trevizan/Futsal de Dracena/Divulgação

Liga Nacional de Futsal estuda nova fórmula de disputa para a temporada

Em virtude da pandemia do novo coronavírus, representantes dos times da Liga Nacional de Futsal começaram a pensar em alterações na fórmula de disputa da edição de 2020. Estuda-se a condição de a primeira fase da LNF ser realizada em três grupos regionalizados, com sete clubes cada.

A ideia foi debatida em uma reunião online no último sábado (6). Entretanto, para ser aprovada, é necessário adequação aos decretos municipais e estaduais referentes à quarentena.

Como ficaria

Caso a ideia venha a ser aprovada, na primeira chave, seriam alocadas as equipes de São Paulo, Minas Gerais e Brasília. Nas outras duas chaves, ficariam os representantes da região Sul, dispostos de acordo com a classificação da primeira fase de 2019.

Os cinco primeiros de cada grupo, além do melhor sexto colocado geral, se classificariam para a segunda fase.

Fórmula atual descartada

A fórmula de disputa dos anos anteriores já foi descartada por conta da pandemia. Nela, a primeira fase é disputada em turno único e os 16 melhores classificam-se para a segunda fase. As viagens longas, no entanto, dificultariam a realização do torneio na atual conjuntura vivida pelo Brasil.

Desta forma, a ideia é que a alteração a ser adotada possibilite aos times viagens mais curtas, além de uma redução de metade da carga de jogos da primeira fase do campeonato.

O presidente do Real Brasília Futsal, Tiago Fernandes, explicou ao DF Sports+ o seu posicionamento referente a mudança. “Estou na torcida que a liga bata o martelo na competição por grupos regionalizados devido à pandemia. Tenho esperança de que tudo se inicie em agosto”, prevê.

A previsão de Tiago é, na verdade, a mesma do presidente da LNF, Cladir Dariva. O mandatário quer começar o torneio entre meados de agosto e início de setembro.

Enquanto isso, o Brasília Futsal segue com as atividades em grupo suspensas. No Distrito Federal, estão proibidos os eventos esportivos. “Vários clubes da LNF já retornaram às atividades com segurança. Estamos aguardando liberação do governador para que possamos voltar”, explica Tiago.

Nova casa

O presidente falou também que tem aproveitado o período de inatividade para definir onde o Brasília Futsal vai poder atuar em 2020. Segundo Tiago, o Sesc de Ceilândia tem tudo para ser a casa da equipe. “Estamos ajustando”, revela.

LNF Games

Enquanto a bola não rola nas quadras, o mundo virtual estará a todo vapor a partir desta segunda-feira (8). A LNF preparou um torneio online de Fifa 20.

Os 21 clubes serão representados por um atleta, e o ala Leandro Azevedo, será o represente do Brasília Futsal. O atleta está no grupo G, com João Salla, do Joinville/Krona Futsal, e Kelvin, do Magnus Futsal.

Leandro estreia no dia 16 de junho, contra João Salla, do Joinville. As partidas serão transmitidas nas plataformas digitais da LNF de segunda à sexta, às 20h.

Marcus Rodrigues

Estudante de jornalismo da Universidade Paulista (Unip). Repórter do portal Metrópoles. Comentarista esportivo. Integra a equipe do DF Sports+ desde julho de 2019

Marcus Rodrigues tem 172 posts e contando. Ver todos os posts de Marcus Rodrigues

Marcus Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *