Fonte: EBU

Regulamentação do eSports voltará a ser discutida pelo Senado

O ano de 2020 deve ser decisivo para o eSports no Brasil. A regulamentação dos esportes eletrônicos deve voltar ao centro das atenções do Senado Federal já no próximo mês.

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 383/2017, já se mostrou bastante controverso nas comissões pelas quais passou, e enfrenta uma grande resistência de toda a comunidade gamer, que sempre afirmou que não participou do processo de construção do projeto — muitos até discordam da regulamentação.

As grandes polêmicas em torno da regulamentação são em relação à violência presente em alguns deles, bem como a criação de confederações que ficariam responsáveis pela organização dos games eletrônicos.

A senadora Leila Barros (PSB-DF) falou sobre a importância de se aprofundar o debate antes de qualquer regulamentação. “A comunidade gamer tem desaprovado qualquer tentativa de regulamentação porque entendem que o Estado não deve interferir em uma atividade que já esta consolidada e que tem funcionado bem”, afirmou.

“Nós senadores temos que ter a responsabilidade de não engessar o crescimento do setor, pois ele gera muitos empregos, e isso permite que possamos aquecer a economia do país.”

Leila Barros, senadora

Dados financeiros

Segundo pesquisa divulgada pela Newzoo Global Games Market Repórter, os eSports tiveram uma receita de quase R$ 140 bilhões durante todo o ano de 2018 (cerca de 1,5 bilhões de reais desse mercado vem do rendimento do Brasil). É mais que o dobro da receita obtida pela indústria cinematográfica e a indústria musical, que alcançaram R$ 59 bilhões.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 431 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *