Contra o Ceilandense, Brasiliense anota a maior goleada do campeonato até então

O público presente no Abadião na manhã deste domingo (9), presenciou a maior goleada do Candangão até o momento. Com show de Romarinho, o Brasiliense derrotou o Ceilandense pelo placar de 8×0. Os outros tentos foram marcados por Peninha, duas vezes, e Edno.

Com a goleada sofrida, o Ceilandense passa a ocupar a lanterna da competição, com nenhum ponto marcado. Já o Brasiliense, que tem um jogo a menos, subiu para terceiro, com sete pontos.

Jacaré impecável

O jogo era na casa do Ceilandense, mas o Jacaré estava à vontade e dominou de maneira avassaladora todo o primeiro tempo. A equipe comandada por Mauro Fernades foi contundente e saiu para o intervalo vencendo pelo placar de 6×0. Com um minuto de jogo, Peninha bateu cruzado, William rebateu e a bola sobrou para Romarinho estufar a rede e abrir o placar.

Com quatro minutos, Romarinho bateu de fora da área e fez o segundo do Jacaré. Aos 9′, Peninha bateu uma falta pela direita, a bola desviou na zaga e morreu no fundo do gol. 3×0 Brasiliense.

Com ampla vantagem antes mesmo dos dez minutos, o Brasiliense não tirou o pé e sufocava o Ceilandense no campo de ataque. Aos 13′, Neto Baiano cruzou para o meio da área, Peninha matou no peito e bateu firme para fazer o quarto do Jacaré.

Romarinho iluminado

Aos 31′, Marcos Aurélio cobrou falta pala esquerda, William rebateu, e Romarinho apareceu dentro da área para ampliar. O Ceilandense só teve sua primeira finalização aos 36′. Lucas cruzou, e Anderson Nascimento cabeceou para fora.

Ainda deu tempo de Romarinho marcar o quarto dele e o sexto do Jacaré. Marcos Aurélio chutou rasteiro e no rebote, o camisa 20 estava na pequena área para conferir. 6×0 Brasiliense.

Segunda etapa menos agitada

Com o jogo já resolvido, o segundo tempo foi mais cadenciado. Aos 12′, Edmar Sucuri fez sua primeira defesa na partida após o chute de Albertino. 

O Jacaré foi responder só aos 25′. Edno serviu Manoel na pequena área. O atacante bateu firme e William fez uma bela defesa. Aos 31′, Romarinho fechou sua manhã de gala após fazer de peito seu quinto gol na partida, o sétimo do Brasiliense.

Edno fecha a conta

No apagar das luzes o Jacaré ainda conseguiu chegar ao oitavo gol. Manoel rolou a bola para Edno, que, de frente para o gol, fuzilou e balançou a rede, fechando o placar em 8×0 para o Jacaré.

Na próxima rodada, o Jacaré faz o clássico contra o Gama, no próximo sábado (15), às 15h30 no Serejão. Já o Ceilandense visita Formosa, sábado (15), às 16h.

CEILANDENSE 0 X 8 BRASILIENSE

Campeonato Candango 2020 – 4ª rodada

Estádio Abadião, Ceilândia – DF. 09/02/2020, 10h30

Árbitro: Almir Camargo

Assistentes 1 e 2: Lucas Guerra e Gilbert Havila da Silva Camargo

Quarto árbitro: Rafael Tosta

Inspetor: Rodrigo Paulino

Público: 102 pagantes

Renda: R$ 2.040,00

CEILANDENSE

William; Estevão, Índio, Anderson Nascimento e Lucas Emanuel, Anderson da Silva (João Victor) Mário (Michael) e Albertino, Daniel, Giuseppe e Henrique (Welton). Técnico: Edson de Souza Nogueira (Mazolinha)

Gols: não houve

Cartões amarelos: não houve

Cartões vermelhos: não houve

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Alex Murici, Rafael Donato, Badhiuga e Gleissinho; Aldo, Esquerdinha, Marcos Aurélio (Edno) e Peninha (Manoel); Romarinho e Neto Baiano (Walace). Técnico: Mauro Fernandes

Gols: Romarinho (1′ – 1°T, 4′ – 1°T, 31′ – 1°T, 40′ – 1°T e 31′ – 2°T), Peninha (9′ – 1°T e 13′ – 1°T) e Edno (44′ – 2°T)

Cartões amarelos: não houve

Cartões vermelhos: não houve

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 76 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *