Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Brasiliense está eliminado da Copa do Brasil após empate com Paysandu

A equipe do Brasiliense entrou em campo na noite desta quinta-feira (6) com a missão de mudar o panorama de frustrações da temporada passa. Pela primeira fase da Copa do Brasil, o Jacaré enfrentou o Paysandu no Serra do Lago, e mesmo jogando melhor, saiu de campo eliminado.

A partida terminou empatada por 1×1, e como o regulamento da Copa do Brasil prevê, o placar de igualdade classifica a equipe visitante. Os gols da partida foram marcados por Perema para o Papão, e Marcos Aurélio, de Pênalti, descontou para o Jacaré.

Com a eliminação, a equipe amarela terá seus esforços concentrados nas disputas do Candangão, Série D e Copa Verde.

Primeiro tempo agitado

O Papão não sentiu a pressão de jogar longe de seus domínios. A equipe paraense tomou a iniciativa no jogo e abriu o logo aos três minutos. Em uma cobrança de falta pela esquerda, Nicolas levantou na área e encontrou Perema, livre de marcação, para cabecear sem chances para Edmar Sucuri. 1×0 Paysandu.

O Jacaré não se abalou com o gol e foi para cima. Em uma falta frontal aos sete minutos, Marcos Aurélio soltou o pé e a bola passou rente a meta do Papão.

Novamente na bola parada, o Brasiliense assustou aos 12′. Peninha cruzou pela ponta direita e Romário chegou por trás da defesa para cabecear por cima do gol. Um minuto depois, Peninha fez uma boa jogada e cruzou para rasteiro para o meio da área, Zé Love desviou de letra e a bola parou nas mãos de Gabriel Leite.

Aos 15′, o Paysandu voltou a atacar,  abafando um pouco a pressão dos donos da casa. Uilliam tentou aproveitar o campo molhado e arriscou de longe, mas o chute saiu sem for facilitando a defesa de Sucuri. Aos 33′, foi a vez de Alex Maranhão arriscar de fora e mais uma vez o arqueiro do Jacaré estava esperto para defender.

O Brasiliense respondeu logo depois. Neto Baiano foi lançado pela esquerda e bateu no ângulo, mas Gabriel Leite fez uma bela defesa. O Paysandu continuava apostando nos tiros de longe. Aos 36′, Vinícius Leite bateu rasteiro e a bola saiu tirando tinta da trave.

Marcos Aurélio aparece de novo

Com dois minutos de bola rolando, o Paysandu quase ampliou o placar com um gol olímpico. Alex Maranhão foi para a cobrança de escanteio e por pouco não surpreendeu Edimar Sucuri. No lance seguinte, Romarinho – que entrou no intervalo – arriscou de fora e Gabriel Leite se esticou e jogou para fora.

Aos sete minutos, o Jacaré chegou ao empate. Marcos Aurélio tentou uma jogada pela esquerda e o zagueiro Micael tocou na bola com a mão dentro da área e o árbitro Pathrice Wallace Corrêa Maia marcou a penalidade. Marcos Aurélio foi para a cobrança e não deu chances para Gabriel Leite. 1×1 no placar.

Brasiliense manda no jogo

O empate despertou o time do Jacaré, que passou a dominar o segundo. Aos 22′, Alex Murici carregou pela direita, cortou para o meio e bateu firme. Gabriel Leite foi no cantinho para fazer a defesa.

Aos 25′, o Jacaré conseguiu a virada, mas  Pathrice Wallace Corrêa Maia anulou o gol marcado por Peninha, em um impedimento discutível. Aos 32′, Marcos Aurélio tentou de fora mas o chute passou por cima.

Nós minutos finais, o Brasiliense passou a ter vantagem numérica dentro de campo, após a expulsão de Uchôa. Mesmo com um homem a mais, o Jacaré não conseguiu manter a calma na hora de atacar.  Aos 47′, a equipe ganhou uma falta pela direita e Marcos Aurélio chutou no meio do gol, botando fim nas emoções da partida.

O Brasiliense volta seus olhares para o Candangão no próximo fim de semana. A equipe encara o Ceilandense, no domingo (9), no Abadião, às 10h30.

FICHA TÉCNICA

BRASILIENSE 1 X 1 PAYSANDU

Copa do Brasil – Primeira Fase – Jogo Único

Estádio Serra do Lago, Luziânia – GO. 06/02/2020, às 19h15

Árbitro: Pathrice Wallace Corrêa Maia/RJ

A1 e A2: Lilian da Silva Fernandes Bruno/RJ e Carlos Henrique Cardoso de Souza/RJ

Quarto árbitro: Christiano Gayo Nascimento/DF

BRASILIENSE

Edmar Sucuri; Alex Murici, Rafael Donato, Badhiuga, China; Aldo, Romário; Marcos Aurélio, Peninha (Lorran); Neto Baiano (Manuel) e Zé Love (Romarinho)

Técnico: Mauro Fernandes

Gols: Marcos Aurélio (7′ – 2°T) (P),

Cartões amarelos: China, Neto Baiano, Rafael Donato e Zé Love

Cartões vermelhos: não houve

PAYSANDU

Gabriel Leite; Caíque Oliveira (Tony), Micael, Perema e Bruno Collaço; Uchôa, Serginho e Alex Maranhão (PH); Vinicius Leite, Nicolas e Uilliam (David Souza)

Gols: Perema (3′ – 1°T)

Cartões amarelos: Uilliam e Caíque Oliveira

Cartões vermelhos: Uchôa

Técnico: Helio dos Anjos

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 76 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *