Gauchinho fez boas campanhas com o Paracatu no Candangão. Foto: Paracatunet

Ex-Paracatu e Real Brasília, Gauchinho assume Ceilândia

Sem tempo a perder, a Diretoria do Ceilândia já tem novo treinador para a sequência do Candangão 2020. Trata-se do técnico Gauchinho que teve passagens por Brasília, Real Brasília e Paracatu.

Goleador nato, o ex-atacante Paulo Roberto Junges fez carreira longeva defendendo clubes do sul e centro-oeste, inclusive o próprio Ceilândia em 2007. Depois de pendurar as chuteiras em 2010, Gauchinho começou sua carreira no Brasília em 2013. Inclusive foi o treinador que “inaugurou” o Real Futebol Clube, comandando a equipe que até então se chamava Dom Pedro até ganhar a nomenclatura atual.

A melhor campanha de Gauchinho foi em 2018 quando comandou o Paracatu. Com o atacante Paulo Renê em grande fase, a Águia do Noroeste brigou pelas primeiras posições desde o início do campeonato e se classificou com folga para as quartas de final. Porém a casa caiu quando os jogadores se revoltaram com as atitudes do artilheiro, forçando Paulo Renê a ser afastado do grupo. Sem Renê, o Paracatu acabou sendo presa fácil para o Brasiliense e acabou eliminado da competição.

Gauchinho precisará de muita conversa para poder mudar os rumos do Ceilândia. Com dois clássicos pela frente diante de Gama e Brasiliense, o time terá pouco tempo de trabalho para poder reagir e deixar a lanterna da competição.

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2444 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *