Foto: André Gomes/DF Sports+

Com gol solitário de Juninho, Luziânia vence a segunda no Candangão

Na tarde deste domingo (2), o Luziânia visitou o Ceilandense no Abadião, pela segunda rodada do Candangão. A equipe da casa tentou aproveitar o fator campo e dominou o primeiro tempo, mas a segunda etapa foi de amplo controle dos goianos, que aproveitam um vacilo da defesa rubro-negra e saíram com mais três pontos. O volante Juninho foi o autor do único gol da partida.

O jogo

Com apenas dois minutos de bola rolando, o Luziânia criou sua primeira chance clara de marcar. Em uma cobrança de falta ensaiada, Juninho rolou na ponta direita para Alanzinho, que bateu cruzado e a bola passou rente a trave.

A resposta do Dragão veio quatro minutos depois. Lucas cobrou escanteio na medida para a cabeçada de Henrique, que parou nas mãos do goleiro Douglas Bispo. Aos 9′, Estevão arriscou de fora e a bola saiu com perigo pela direita.

O esquema com três zagueiros montado por Marquinhos Carioca neutralizou o ataque do Luziânia e deu corpo ao meio campo rubro-negro. O time da casa controlava o jogo, mas só conseguia chegar nas bolas aéreas. Aos 19′, em outro escanteio cobrado por Lucas, Índio testou por cima.

Se trabalhando a bola estava difícil para o Luziânia penetrar na defesa adversária, Weverton apelou para a individualidade. Aos 35′, o lateral fez uma ótima jogada pela esquerda e bateu tirando tinta do travessão.

Juninho oportunista

O Ceilandense voltou com a mesma pegada. Aos 3′, Índio cabeceou forme em cima de Douglas Bispo, após outra cobrança de escanteio. Aos 11′, Thalisson arriscou de fora e o arqueiro do Luziânia pegou em dois tempos.

Porém, na primeira chegada da equipe goiana na segunda etapa, a rede balançou. Aos 14′, após uma bola alçada na área, Juninho aproveitou o bate-rebate e tocou para o fundo do gol. 1×0 Luziânia.

Injeção de ânimo

O gol animou a equipe do Luziânia, que passou a tomar conta do jogo. Aos 25′ Weverton roubou a bola no meio e avançou até ficar cara a cara com o goleiro e bater para fora.

O Dragão respondeu aos 28′. Lucas cruzou e Daniel de peixinho cabeceou com perigo. E foi só, o resto do jogo foi de pressão azul.

Com trinta minutos no cronômetro, Kelvin foi lançado, driblou o goleiro e bateu para o gol livre, mas Mateus se recuperou e tirou em cima da linha.

Aos 43′, Clayton dentro da área bateu por cima. No último minuto, Juninho quase fez o segundo. O volante arriscou de longe e William de mão trocada fez uma bela defesa.

Ao final da partida, o autor do gol, Juninho, falou ao DF Sports+. O zagueiro Índio, do Ceilandense, também comentou sobre a partida. Ouça:

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (5). O Ceilandense visita o Gama, às 20h, no Bezerrão. Já o Luziânia recebe o Taguatinga no Serra do Lago, às 15h30.

FICHA TÉCNICA

CEILANDENSE 0 X 1 LUZIÂNIA

Campeonato Candango 2020 – 2ª Rodada

Estádio Abadião, Ceilândia-DF. 02/02/2020, 10h30

Árbitro: Christiano Gayo
Assistentes 1 e 2: Milton Alves e David Santana
Quarto árbitro: Francisco Diego Gomes Bezerra
Inspetor: Jamir Garcez

CEILANDENSE

Willian; Estêvão (Juninho), Mateus, Kaio (Felipe) e Lucas; Vagner (Benito), Índio, e Henriquei; Peppe, Daniel e Thalisson. Técnico: Marquinhos Carioca

Gols: Não houve

Cartões amarelos: Kaio, Mateus e William

Cartões vermelhos: não houve

LUZIÂNIA

Douglas Bispo; João Pedro, Bruno Brito, Caio e Weverton; Juninho, Rodrigo Menezes, Alanzinho e Anjinho (Clayton); Kelvin (Vitin) e Klysman (Ferrugem). Técnico: Sebastião Rocha

Gol:  Juninho (14′ – 2°T)

Cartões amarelos: Juninho e Rodrigo Menezes

Cartões vermelhos: Não houve

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 87 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *