Foto: Ricardo Botelho/Real Brasília FC

Real Brasília domina e goleia o Formosa

O Real Brasília enfrentou o Formosa na tarde deste sábado (25), no estádio Serra do Lago. O Leão do Planalto freou o Tsunami e venceu por 4×0, em duelo válido pela primeira rodada do Candangão 2020.

O Real chegou logo no primeiro minuto com Anderson Oliveira, que chutou forte, para defesa de Márcio Fernandes em dois tempos. O primeiro gol saiu logo em seguida, aos dois minutos. Anderson Oliveira cobrou falta, Márcio espalmou para o lado, Gilvan pegou a sobra e tocou pra Anderson Oliveira abrir o placar.

Aos quatro minutos Gilvan teve a chance de fazer o segundo quando subiu sozinho no meio da área, mas cabeceou fraco e a bola ficou fácil para o goleiro.

Aos 10 minutos, Davi Ceará acertou um chutaço da ponta direita, após tabela com Dedê. A bola fez curva e foi parar direto no ângulo esquerdo de Márcio Fernandes, que nada pôde fazer. Um golaço!

O Real seguiu impondo intensidade no ataque e fez o terceiro aos 18 minutos. Gilvan fez boa jogada e abriu para Davi Ceará. O meia chutou, a bola desviou e acabou entrando.

Perdendo por 3×0, o Formosa só conseguiu chegar pela primeira vez aos 23 minutos. Wesley Brasília girou em cima da marcação e chutou de fora da área, mas a bola foi no meio e ficou fácil para o goleiro Léo Rodrigues.

O Real Brasília voltou a assustar aos 25 minutos, com Geovane. O volante roubou a bola da zaga e entrou na área, mas o goleiro Márcio Fernandes fechou bem o ângulo e evitou o gol.

Aos 37 minutos, novamente em jogada de Léo Campos, o Real quase chegou ao quarto gol. O lateral chegou na linha de fundo e cruzou pra trás. Anderson Oliveira fez o corta-luz e o volante Geovane chegou chutando, mas para fora. Foi a última chance do primeiro tempo.

O Real Brasília voltou novamente partindo pra cima, e chegou logo no primeiro minuto com Anderson Oliveira, que chutou forte, pra defesa de Márcio Fernandes em dois tempos. Na jogada seguinte Anderson Oliveira fez boa jogada pela direita e lançou para o meio da área. Gilvan desviou e Márcio Fernandes fez ótima defesa.

O Real conseguiu o quarto gol aos 18 minutos. Gilvan fez boa jogada e abriu para Davi Ceará, que tentou o cruzamento, a bola desviou e foi parar no fundo das redes.

Aos 29′, a melhor chance do Tsunami no jogo, novamente com Wesley Brasília. O atacante recebeu sozinho no meio da área, mas acabou chutando mal e isolou a bola.

Aos 33 minutos o atacante João de Deus teve mais uma chance pela equipe do Formosa. Ele recebeu pela esquerda, puxou para a perna direita e chutou. A bola passou à direita do gol do Real Brasília.

O Formosa conseguiu o seu primeiro gol aos 35, mas a jogada foi anulada devido a impedimento do ataque. O Tsunami seguiu buscando o ataque e aos 37′ teve a última chance do jogo, com João de Deus, que aproveitou um erro do zagueiro Pedrão. O atacante recuperou a bola e chutou da entrada da área, mas a bola novamente foi fraca no meio do gol. Placar final: Real Brasília 4×0 Formosa.

O atacante Gilvan, do Real Brasília, comentou sobre a vitória da equipe e sua atuação. “Começamos com o pé direito, graças a Deus, fizemos uma boa partida e mostramos que o Real Brasília vai buscar o título do campeonato. Fico muito feliz pelo meu gol e as duas assistências, e agora é treinar bastante pra melhorar cada vez mais”, afirmou.

FICHA TÉCNICA

Real Brasília 4 x 0 Formosa
Campeonato Candango 2020 – 1ª rodada
Estádio Serra do Lago, Luziânia-GO, 25/01/2020 – 15h30

Árbitro: Rafael Diniz
Assistentes 1 e 2: Lucas Modesto e Wilson Júnior
Quarto árbitro: Rafael Tosta
Inspetor: Marrubson Melo

Público: 50 pessoas
Renda: R$ 500

Real Brasília

Léo Rodrigues; Dedê, Pedrão, Sandro e Léo Campos; Robinho, Geovane e Davi Ceará (Carlos Henrique); Davi (Wisman) Anderson Oliveira (Fernando Santos) e Gilvan. Técnico: Buião

Gols: Davi Ceará, Anderson Oliveira, Gilvan e Sérgio Iure (contra)
Cartão amarelo: Davi Ceará

Formosa

Márcio Fernandes; Andrezinho, Elton, Sérgio Baiano e Glauber (Rafinha); Glaybson, Robson Simplicio (Everton César) e Caio Carioca (Maiqui); João de Deus, Wesley Brasília e Mário Neto. Técnico: Heli Carlos

Gols: não houve
Cartão amarelo: Simplício

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 341 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *