Foto: Wilian Oliveira/Foto Atleta/Chapecoense

Real Brasília perde para a Chapecoense e está eliminado da Copinha

Pela segunda fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Real Brasília entrou em campo na manhã deste domingo (11) para enfrentar a Chapecoense em busca de uma histórica classificação. A equipe candanga fez um primeiro tempo ruim; a Chape também não esteve bem, mas foi cirúrgica e marcou na melhor oportunidade que teve. Buzatto foi o autor do gol solitário da partida.

Com o resultado, o Distrito Federal agora fica sem representantes nas fases finais da Copinha, já que o Gama foi eliminado no último sábado (10) pelo Tupi-MG.

O jogo

Todo o primeiro tempo ficou marcado pela falta de inspiração técnica das duas equipes. A bola pouco chegou aos ataques e, quando chegou, não levou grande perigo. A Chapecoense foi quem se arriscou primeiro. Aos seis minutos, Foguinho limpou a marcação e bateu de fora. A bola saiu fraca pelo lado esquerdo do gol defendido por João Victor.

Aos 15′, Paulinho invadiu a área pela direita e bateu cruzado, para a defesa de João Victor. A primeira finalização do Real veio três minutos depois. Daniel carregou pela ponta direita, cortou para o meio e bateu de longe, mas a bola se perdeu por cima do gol.

O Real chegou mais uma vez aos 31′. Araújo arriscou da entrada da área, mais a bola saiu pela linha de fundo. Aos 41′, a Chape teve a melhor chance do primeiro tempo. Foguinho desviou um cruzamento vindo pela direita e a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Chape chegou e fez

O intervalo de jogo fez bem às duas equipes, que voltaram com mais vontade de jogo para o segundo tempo. Logo aos quatro minutos, Vinícius tabelou com Araújo dentro da área e soltou o pé. O goleiro Arthur estava esperto e fez uma bela defesa.

Aos 15′, a Chape abriu o marcador. Foguinho acertou um passe que desmontou toda a defesa do Leão do Planalto e achou Buzatto. Sozinho na marca do pênalti, o atacante bateu à meia-altura e estufou a rede: 1 x 0.

O Real não sentiu o gol, foi para cima e passou a tomar conta dos avanços ofensivos. Com 18 minutos jogados, Araújo recebeu em velocidade, ganhou da marcação e, cara a cara com Arthur, bateu por cima do gol. Aos 29′, George tentou de letra e a trave salvou o que seria o golaço de empate para o time candango. Aos 41′, Vinícius tabelou com George e bateu cruzado, mas o chute saiu fraco, facilitando a defesa de Arthur.

No último lance do jogo, Foguinho recebeu nas costas da defesa do Leão ficou cara a cara com João Victor, que fez uma bela defesa pra encerrar o duelo. Placar final: Chapecoense 1 x 0.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 1  X 0 REAL BRASÍLIA

Copa São Paulo de Futebol Júnior – Segunda fase

Estádio Municipal Francisco Marques Figueira (Suzanão) – Suzano-SP – 11)01/2020, 11h

Árbitro: Gabriel Henrique

A2: Luiz Henrique

CHAPECOENSE

Arthur; Ludic (Thiago César), Gaúcho, Victor e Mancha; Roberto, Luzzi (Cella) e Foguinho; Paulinho (Corina), Rafael (Paulista) e Buzatto.

Técnico: Max Sandro

Gols: Buzatto (15′ – 2°T)

Cartões amarelos: Paulinho e Thiago César

Cartão vermelho: não houve

REAL BRASÍLIA

João Victor; Daniel (Ítalo), João Afonso (Murilo), Wesley e Felipe; Souto (Adryan), Juan (George), Índio e Gustavinho (Luan); Vinícius e Araújo.

Técnico: Gerson Ramos

Gols: não houve

Cartões amarelos: Juan

Cartão vermelho: não houve

André Gomes

Um apaixonado por esportes (com um carinho especial por futebol, basquete, surf e skate). Defende a ideia de que, por questões éticas, todo jornalista deve revelar o time que torce.

André Gomes tem 54 posts e contando. Ver todos os posts de André Gomes

André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *