Foto: Thiago Paternostro/Universo Brasília

Universo/Brasília sofre revés frente ao Pinheiros em casa

O Universo/Brasília recebeu o Pinheiros na última partida em casa do ano de 2019 do Novo Basquete Brasil. Os candangos imprimiram um ritmo forte de jogo, mas acabaram perdendo por 86×79 na tarde deste sábado (21).

No primeiro quarto, a estrela de Gui Santos brilhou em quadra. O camisa 3 do Universo/Brasília anotou nove pontos no quarto e ajudou o time candango a abrir 17×7 no placar, fazendo com que o técnico adversário parasse a partida. Gui Bento, Ronald e Nezinho continuaram apoiando o Universo/Brasília em busca da vitória e os donos da casa fecharam o primeiro quarto na frente: 23×19.

O segundo quarto foi de ação coletiva em quadra. O time atuou forte na defesa e Gui Santos coordenou a equipe, anotando sete pontos, ao lado de Bruno Fiorotto, com quatro pontos e três rebotes, e Marcelão, que também fez quatro pontos. O Universo/Brasília foi para o vestiário vencendo o jogo por 44×35.

Na volta do intervalo, o Universo/Brasília continuou controlando as ações e mantendo a vantagem em quadra. Rafa Moreira, com sete pontos, e Nezinho, com seis, foram os destaques da equipe candanga. Outro destaque é para o número de rebotes. Os brasilienses pegaram sete rebotes, enquanto que os paulistas apenas três. O terceiro quarto seguiu com vitória do Universo/Brasília: 70×64.

No último período, o Universo/Brasília tentou administrar a vantagem e confirmar a vitória. Gui Santos, com quatro pontos, e Arthur, com três rebotes, foram os destaques. No entanto, o Pinheiros acabou vencendo a partida por 86×79.

“As nossas bolas acabaram não caindo na reta final. Colocamos o time titular em quadra. Infelizmente, não deu, mas faz parte do jogo. Agora, vamos pensar no Minas. Eu estou muito orgulhoso. É frustrante não ganhar? Claro que é. Mas sabemos o nosso tamanho dentro de quadra”, disse o técnico do Universo/Brasília, Ricardo Oliveira.

“A nossa equipe entrou muito bem, com uma consistência defensiva muito forte. Anulamos alguns pontos fortes, mas no meio do terceiro quarto, acabamos caindo de produção. Cometemos alguns erros de defesa que nos prejudicaram muito e eles acabaram virando o placar. Oscilações são normais dentro do basquete, mas a gente tem que procurar ser o mais estável possível. Agora é pôr a cabeça no lugar e bola para frente”, analisou o ala/armador Gui Santos.

O cestinha da partida foi Gui Santos, do Universo/Brasília, com 25 pontos. Outros destaques foram Rafa Moreira, com 12 pontos, Arthur e Nezinho, com 11 pontos, cada. O maior pontuador do Pinheiros foi Kenny Dawkins, com 21 pontos.

Após o feriado do Natal, o Universo/Brasília volta aos treinos e viaja para a cidade de Belo Horizonte/MG, onde enfrenta o Minas Tênis Clube no dia 29 (domingo), às 11h, com transmissão pela rede social Facebook. O próximo jogo do Universo/Brasília na capital federal acontece apenas em 13 de março, às 20h, diante do Pato Branco/PR.

O Universo/Brasília tem o patrocínio da Financeira BRB, Universidade Salgado de Oliveira e do Colégio Everest. A Bluefit é a academia oficial do nosso time, que também conta com o apoio da Clinor, Corpometria, Laboratório Sabin e da Capital Ressonância Magnética.

DF Sports+

Mais Esporte, Mais Informação

DF Sports+ tem 348 posts e contando. Ver todos os posts de DF Sports+

DF Sports+

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *