Foto: Divulgação

Empresários do goleiro Bruno procuram Ceilandense para negociação

O goleiro Bruno, de 34 anos, poderá atuar pelo Distrito Federal em 2020. Nos últimos dias, empresários do atleta procuraram a diretoria do Ceilandense para abrir negociação.

Há cerca de três meses, Bruno havia firmado contrato com o Poços de Caldas-MG. No entanto, o goleiro divergiu com a diretoria e rescindiu o vínculo sem disputar nenhuma partida.

Após se destacar com as camisas de Atlético-MG e Flamengo, Bruno teve a carreira interrompida após ser condenado a 20 anos e 9 meses pela morte da modelo Eliza Samúdio, que ocorreu em 2010. Eliza morreu esquartejada, e o corpo nunca foi encontrado.

Ceilandense em 2020

Após conseguir o acesso à elite do Candangão, o Ceilandense procura exportar valores para surpreender os demais times do DF. Nesta sexta-feira (20), o DF Sports+ divulgou em primeira mão o acerto com o empresário Índio, ex-lateral-direito do Corinthians. O novo homem-forte do time rubro-negro irá viabilizar a vinda de 10 a 12 atletas de fora para compor o elenco. O técnico também virá de outros ares.

Willian Matos

Jornalista com experiência em redação, assessoria de imprensa, rádio e portais da web. Toca cavaco quando dá tempo. Tem a certeza que Rogério Ceni é melhor que Marcos. É editor-chefe do DF Sports+ desde maio de 2019

Willian Matos tem 225 posts e contando. Ver todos os posts de Willian Matos

Willian Matos

Um comentário em “Empresários do goleiro Bruno procuram Ceilandense para negociação

  • Avatar
    24 de dezembro de 2019 em 11:32
    Permalink

    Exportar valores para surpreender? Como assim?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *