No retorno ao alto rendimento, Pedro Moura fatura o bronze no Sul-Americano de Jiu-Jitsu

O brasiliense Pedro Moura sempre representou muito bem o Distrito Federal nos tatames com vários títulos. No último domingo (17) em São Paulo, não foi diferente. Ele conquistou, na categoria faixa preta, a medalha de bronze no Sul-Americano promovido pela IBJJF, considerada a principal organização do mundo.

Afastado das competições da IBJJF desde 2016 por conta de seguidas lesões no joelho esquerdo, o terceiro lugar é considerado por Pedro Moura um recomeço na carreira. Com 15 quilos a mais decorrente de uma depressão, o jovem que nasceu em São Sebastião se sente um campeão.

“Estou feliz em voltar e lutar no alto rendimento. O resultado não era o que eu queria, sempre queremos mais, mas é inegável que estou orgulhoso de mim nesse processo de voltar a estar entre os melhores”, afirmou o atleta

Pedro Moura. Foto: Divulgação

Em 2016, o brasiliense estava vivendo a melhor fase da carreira quando conseguiu faturar o bicampeonato europeu na faixa preta da categoria adulto, mas teve que interromper a caminhada. Para o futuro, ele pensa alto e planeja morar no Catar, onde atualmente estão os melhores atletas e professores, para voltar a estar no topo do ranking.

“Amo Brasília, mas para conseguir ter resultados constantes preciso estar entre os melhores, treinando com eles. Já fui líder do ranking mundial na faixa roxa e faixa marrom nas categorias de base e quero ser o primeiro novamente na atual”

Rafael Moura

Jornalista formado em Brasília desde 2007, Rafael Moura milita no jornalismo esportivo. Passou pelas principais redações da capital federal, foi assessor de imprensa do Ministério do Esporte, do Comitê Paraolímpico Brasileiro. Hoje atua na Câmara dos Deputados e colabora com o site esportivo que mais cresce no Distrito Federal

Rafael Moura tem 30 posts e contando. Ver todos os posts de Rafael Moura

Rafael Moura

2 comentários em “No retorno ao alto rendimento, Pedro Moura fatura o bronze no Sul-Americano de Jiu-Jitsu

  • Avatar
    18 de novembro de 2019 em 21:39
    Permalink

    Pedro Moura , é sinistro !!!!

    Resposta
  • Avatar
    19 de novembro de 2019 em 09:37
    Permalink

    Parabéns ao professor e atleta Pedro Moura sempre competitivo e exemplo para milhares.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *