Legião vence nos pênaltis e conquista título no Candanguinho Sub-15

Legião e Real fizeram a final do Campeonato Candango Sub-15 e proporcionaram um grande jogo ao público. Após um empate de 2 x 2, o Leão conquistou a vitória nos pênaltis.

O Legião começou pressionando e buscando, nos contra-ataques, levar perigo ao Real. A primeira chegada com perigo veio com o meia Samuel, que cortou para o meio e chutou. A bola acabou indo no meio do gol facilitando a defesa do goleiro Estêvão.

O Legião voltou a assustar com o meia Guilherme que fez boa jogada pela direita e colocou pro meio da área pra Robson, que chutou pra defesa do goleiro. A dupla voltou a assustar após cruzamento de Guilherme que teve cabeçada de Estêvão com perigo.

O Real chegou pela primeira vez aos 19 minutos, após sobra de bola, Cebolinha pegou de primeira com a perna canhota, mas o goleiro Max Kenner defendeu com tranquilidade.

Aos 22 minutos o legião voltou a levar perigo com Luiz Eduardo que chegou pela direita mas chutou fraco no meio do gol. No lance seguinte ele tentou o cruzamento e quase surpreendeu o goleiro Estêvão, mas a bola foi pra fora.

O Real voltou a assustar e teve a chance mais perigosa do primeiro tempo, Wagner roubou a bola e deu ótimo passe pra trás, o meia Arthur chegou chutando forte e obrigou o goleiro Max Kenner a fazer grande defesa. O primeiro tempo terminou em 0 a 0.

No começo do segundo tempo o legião começou novamente em cima, Luiz Eduardo chegou pela direita, driblou e chutou de três dedos, a bola foi no meio do gol e ficou fácil pro goleiro Estêvão

Após lançamento da zaga, o artilheiro da equipe Wagner dividiu bola na área com o goleiro Max Kenner e acabou levando a pior, virando o joelho e sua rótula saindo do lugar. O jogador precisou sair do gramado de ambulância.

Na volta da partida o Legião abriu o placar, após bom contra ataque puxado por Guilherme que lançou Paulo Victor, que teve calma e precisão pra tirar do goleiro Estêvão e fazer 1 a 0, alegrando a empolgada torcida da equipe.

O legião quase fez o segundo após boa jogada de Robson pela esquerda, que driblou o defensor e virou o jogo pra Guilherme, que finalizou em cima do goleiro.

O Real consegui empatar o jogo em sua especialidade, a bola aérea. Cebolinha cobrou a falta da lateral da área, a bola passou e foi rebatida pro meio da área pelo goleiro Max Kenner, ela sobrou pro Zagueiro Johnatan que emendou uma linda bicicleta , empatando a partida.

O Legião não sentiu o gol e conseguiu fazer o segundo rapidamente, novamente com Paulo Victor, que também acertou uma linda bicicleta dentro da área e acertou o ângulo do goleiro Estêvão.

O Real mostrou raça e buscou o empate, novamente no jogo aéreo, Cebolinha colocou com previsão na cabeça do zagueiro Jonathan, que desviou sem chances para o goleiro Max Kenner, empatando novamente a partida em 2 a 2.

No último lance do segundo tempo o Real quase virou pelo alto, outra vez com Jonathan, que mais uma vez estava livre pra cabecear, mas dessa vez jogou pra fora.

O jogo foi para os pênaltis e foi aí que brilhou a estrela do goleiro Max Kenner, que defendeu a última cobrança e garantiu a Vitória da equipe nos pênaltis por 5 a 4.

FICHA TÉCNICA

Real 2 (4) x 2 (5) Legião

Final- Campeonato Candango Sub 15

Estádio Serejão – 15/11/2019, às 09h

Árbitro: Pedro Alves

A1: José Ricardo

A2: Cássia França

REAL

Estêvão; Kael, Jonathan, Jhonny e Felipe Guedes; Gustavo Souto (Kaio), Corazza (Enzo), Arthur e Pedro Ayub (Pimenta), Wagner (Guilherme) e Cebolinha

Técnico: Betão Morales

Gols: Jonathan (2)

Cartão Amarelo: Felipe Guedes, Kael e Cebolinha

Cartão vermelho: Não Teve

Legião

Max Kenner; Luiz Eduardo, Guilherme, Paulo César e Jonathan; Davi, Samuel (Raphael Martins), Guilherme Artiaga e Natã; Robson e Paulo Victor

Técnico: Helbe Damião

Gols: Paulo Victor (2)

Cartão Amarelo: Guilherme Artiaga

Cartão Vermelho: não houve

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 341 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *