Foto: Reprodução/TV

Maior sensei do judô de Brasília precisa de ajuda

O sensei Takeshi Miura precisa de ajuda. Maior nome do judô em Brasília, Miura está internado no Hospital de Base desde o dia 3 de novembro, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Para ajudar nos custos da reabilitação, foi criada uma vaquinha virtual que está arrecadando doações financeiras. A ação foi encabeçada pelo secretário de Esporte e Lazer do Distrito Federal, Leandro Cruz, que, através das redes sociais, pede a ajuda para o Sensei. “Como forma de solidariedade ao nosso grande amigo e mestre, nesse momento difícil, convido a todos a participarem dessa arrecadação”, afirmou.

Nascido em Cafelândia-SP em 1942, Miura recebeu um convite do então presidente da Federação Metropolitana de Judô em 1964 para morar em Brasília. Chegou à capital portando o segundo dan. Em competições, conquistou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg em 1967 e faturou cinco brasileiros.

Na sua academia, treinou grandes nomes do esporte, como o ex-judoca olímpico José Mario Tranquillini, que disputou as Olímpiadas de Barcelona em 1992 e tem títulos importantes como dois Pan-Americanos e nove títulos nacionais.

O carinho de Tranquillini com Miura é grande. Ele lembra que foi o Sensei que o ajudou na carreira e torce pela recuperação plena. “Ele é um cara forte e saíra dessa. Foi a pessoa que me deu um grande suporte”, disse.

O objetivo é arrecadar R$20 mil. Para quem quiser colaborar basta entrar no site da vaquinha e realizar o pagamento.

Rafael Moura

Jornalista formado em Brasília desde 2007, Rafael Moura milita no jornalismo esportivo. Passou pelas principais redações da capital federal, foi assessor de imprensa do Ministério do Esporte, do Comitê Paraolímpico Brasileiro. Hoje atua na Câmara dos Deputados e colabora com o site esportivo que mais cresce no Distrito Federal

Rafael Moura tem 30 posts e contando. Ver todos os posts de Rafael Moura

Rafael Moura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *