Com trick plays, Leões de Judá vence e se classifica para os playoffs

O Leões de Judá abusou da criatividade e do seu extenso playbook (livro de jogadas) para conseguir a vitória no último lance da partida contra o Campo Grande Predadores por 22 x 21. O jogo foi bastante disputado, e ambas as equipes chegaram a estar ganhando em algum momento do jogo.

O Leões de Judá enfrentou sérios desfalques para a partida. Dois deles não atuam mais pela equipe, segundo informações da All Sports TV: O quarterback Jamere Murphy, que teve problemas pessoais e voltou para os Estados Unidos a fim de resolver problemas familiares, e o safety Daniel, suspenso por seis jogos devido a um pisão dado por ele contra o qb Moore, do Tubarões do Cerrado. Além deles, o time também não teve Bus, que se machucou no último jogo.

O running back Brunigga assumiu a posição de qb da equipe. O começo não foi dos melhores, pois no primeiro passe, ele acabou interceptado. Contudo, para sorte dos donos da casa, o tournover não resultou em pontos para os visitantes. Mas o Leões acordou e, logo no seu terceiro ataque, conseguiu marcar os primeiros pontos, usando bastante o jogo corrido com o próprio Brunigga, que anotou o touchdown após quebrar dois tackles. O kicker Paulo converteu o extra point, levando o jogo para 7 x 0.

O jogo seguiu com bons avanços das equipes, mas sem novas pontuações. O cenário só mudou no segundo quarto, quando, outra vez, as corridas fizeram a diferença para o Leões de Judá, que conseguiu mais um touchdown com Brunigga. Com o chute convertido por Paulo, o time abriu 14 x 0 no placar, finalizando a primeira etapa.

Já no segundo tempo, o jogo ganhou contornos totalmente diferentes: o Predadores voltou bem melhor e passou a ser mais eficiente na marcação e no ataque, dominando o jogo. A primeira pontuação da equipe veio com o sempre perigoso wide receiver Baioni. O quarterback Edson Albuquerque tentou correr na linha de uma jarda e não conseguiu entrar na endzone. Na jogada seguinte, se usou da experiência e da altura de Baioni para fazer seus primeiros pontos, 14 x 7 após o extra point ser confirmado.

No último quarto da partida, o time conseguiu mais um touchdown, dessa vez pelo chão, após boa corrida do running back Silva, que quebrou tackles e chegou à endzone. Desta vez, o time tentou uma conversão de dois pontos que acabou não sendo convertida, 14 x 13 no placar.

A defesa do Predadores não deixou o Leões pontuar, e o ataque finalmente conseguiu a virada com uma jogada em família: passe do quarterback Edson para o wide receiver Daniel, irmão dele. O wr recebeu e anotou o touchdown. Em seguida, a equipe conseguiu a conversão de dois pontos, fazendo 21 x 14 no placar.

Mas o Leões de Judá mostrou que tem muito repertório, e se usou de duas trick play, as famosas jogadas “engraçadinhas” — como se costuma dizer na National Football League (NFL) — para conseguir a vitória. Já na última jogada da partida, o time não teve Brunigga, que acabou sendo ejetado. A equipe se alinhou para um chute de field goal, o que deixou muita gente confusa, já que com mais três pontos, o Predadores ainda venceria o jogo. Mas foi aí que veio o fake field goal, que é quando o kicker não chuta e acaba passando a bola. Paulo recebeu e conseguiu um belo passe para o wide receiver Alan, que entrou na endzone e fez o touchdown.

E quando todos imaginavam que viria o empate com o extra point, o Leões de Judá fez um fake extra point e, com uma corrida, conseguiu dois pontos, sacramentando a vitória por 22 x 21.

Com a vitória, o Leões de Judá está classificado para os playoffs da conferência Centro Oeste da Brasil Futebol Americano (BFA) 2019 e vai enfrentar o Cuiabá Arsenal na semifinal.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 431 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *