Após péssima campanha, Templários desiste da BFA

O Templários desistiu da BFA e foi excluída da competição. A equipe vinha sendo massacrada a cada partida, conseguindo, inclusive, no mesmo ano, bater duas vezes o recorde de maior pontuação sofrida da história da competição, quando levou quase 200 pontos do Tubarões do Cerrado e do Campo Grande Predadores.

Agora, o time terá que pagar uma multa de R$ 5 mil e não poderá participar da BFA até 2022.

O vice-presidente do Predadores, Adriano Silveira, não ficou feliz com a desistência e acabou lamentando ter uma partida a menos como preparação para o jogo contra o Leões de Judá, que valerá uma vaga nos playoffs. “Que sirva de exemplo pra que possamos melhorar nosso futebol americano. As equipes de Brasília só têm uma viagem, nós temos três, ou seja, mesmo com tantos problemas de deslocamento, estamos fazendo nossa parte e cumprindo as regras”, afirmou. O Predadores enfrentaria o Templários no próximo duelo.

Sorte grande

Quem acabou se dando muito bem nessa história foi o time do Sinop Coyotes, que mesmo sem ter nenhum jogo vencido, ficará na BFA com a desistência do Templários.

Desistências anteriores

Ver um time abdicar da BFA não é algo incomum. Em todos os anos que a competição foi disputada, sempre ocorreram saídas de times da elite. Em 2017, o excluído foi o Santos Tsunami; no ano seguinte, Goiânia Rednecks e Juiz de Fora Imperadores desistiram.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 461 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *