Projeto pede dispensa de pais para poderem acompanhar os filhos em competições esportivas

Um projeto do Senado quer dar o direito de pais adolescentes serem liberados do trabalho para acompanhar os filhos em competições esportivas. Trata-se do Projeto de Lei (PL) 3966/2019, que atualmente está na pauta de reunião da Comissão de Assuntos Sociais (CAS) e deve ser discutido e votado nesta quarta feira (16).

Segundo proposto no texto, a dispensa seria concedida por um período de até três dias. O funcionário teria de fazer o requerimento com, no mínimo, seis meses de antecedência. O acompanhamento é previsto para atletas com menos de 16 anos e deve ser em competições esportivas de cunho oficial e em município que seja diferente do qual o trabalhador seja morador — estas duas últimas regras são uma emenda da senadora Soraya Thronicke (PSL-MS).

A autoria do projeto é do senador Confúcio Moura (MDB-RO), que ressaltou a importância do esporte como instrumento de desenvolvimento de crianças e adolescentes. “A prática esportiva capacita a pessoa a trabalhar e administrar suas necessidades, desejos e expectativas, bem como as necessidades, expectativas e desejos dos outros e, assim, desenvolver as competências técnicas, sociais e comunicativas imprescindíveis para o seu processo de desenvolvimento individual e social” afirmou.

O texto inicial havia a idade máxima de 18 anos para os pais que quisessem se ausentar do serviço e acompanhar os filhos, mas através de uma emenda da relatora Leila Barros (PSB-DF), o número caiu para 16. Leila justificou: “Sabe-se que adolescentes maiores de 16 anos de idade já ostentam maturidade suficiente para participar em competições sem a presença do genitor. Nesse caso, o responsável pelo adolescente pode ser o técnico ou outro adulto designado na delegação”, explicou.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 326 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

2 comentários em “Projeto pede dispensa de pais para poderem acompanhar os filhos em competições esportivas

  • Avatar
    17 de outubro de 2019 em 18:00
    Permalink

    Se isso realmente revigora vai ser uma boa…meu filho já teve inúmeras viagens sozinho e eu nunca tinha acompanhado ele nas avaliações e uma vez que eu pude ir seu desempenho foi muito mais melhor…ele me disse que se sentiu mais confiante…torço muito pra que essa lei de certo e vai beneficiar em especial as crianças em seus desempenhos esportivo…um abraço a Senadora

    Resposta
  • Avatar
    22 de outubro de 2019 em 11:02
    Permalink

    Eu apoio, a base do jogador é a família!!! Faz toda a diferença

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *