Templários tem nova derrota histórica e depende de um milagre para não ser rebaixado

O Brasília Templários entrou novamente para a história no BFA ao ser derrotado pelo Campo Grande Predadores por históricos 100 x 0. É a maior pontuação sofrida por um time em três anos de liga. Contando todas as competições do país, o maior placar aconteceu também em Campo Grande, no ano de 2012, quando o Corinthians Steamrollers massacrou o Campo Grande Gravediggers por 118 a 0. Os Predadores se recuperaram de uma série de três derrotas consecutivas, já o Templários segue sem vencer na competição.

Já na primeira jogada, o Predadores mostrou que o Templários não teria vida fácil e conseguiu um safety, anotando os dois primeiros pontos no placar. Ainda no primeiro quarto, foram mais 35 pontos, que vieram em uma corrida para touchdown do quarterback João Breno; em uma recepção para TD do wide receiver Gabriel Fernandes; em recepções do kicker/wide receiver Baioni; e pelo também wide receiver Aristides. A equipe ainda conseguiu pontos com um fumble recuperado e retornado para TD pelo defensor Douglas Barbosa, além de extra points e mais um safety.

O Predadores seguiu atacando e ampliando a vantagem em praticamente todos os ataques. O que era 37 x 0 ao final do primeiro quarto virou 71 x 0 no fim do primeiro tempo. Tudo começou com o cornerback Alan Costa, que interceptou o passe até a endzone, fazendo 43 x 0, já que o extra point não foi convertido. O quarterback João Breno ainda passou para mais três touchdowns na primeira etapa, e todos para atletas diferentes: Baioni, Ilário e Pedro Freire, e também correu pelo meio da defesa, quebrando tackles para conseguir mais um. Duas tentativas de chute foram para fora, mas o time conseguiu duas conversões de dois pontos, finalizando o primeiro tempo.

O segundo tempo seguiu com amplo domínio do Predadores, que ainda marcou em um belo passe de João Breno para Pedro Henrique, convertendo, na sequência, dois pontos com Jorge Luiz. O Templários, além de não conseguir bons avanços, seguia errando muito, e o ataque mais uma vez cedeu pontos ao adversário. Após um fumble, o defensive tackle Danilo de Oliveira pegou a bola e disparou ate a endzone, deixando em 85 x 0 (não perca a conta).

Na jogada seguinte, a defesa abriu grande espaço, e João Breno aproveitou e correu para mais um touchdown, passando para dois pontos na jogada seguinte em um passe cheio de estilo para Daniel Albuquerque, deixando o placar em 93 x 0. Daniel ainda conseguiu mais uma interceptação e novamente retornou para touchdown.

Após o extra point convertido de Baioni, o jogo chegou ao fim. Placar: Campo Grande Predadores 100 x 0 Brasília Templários.

O time do Predadores jogará novamente com o Templários e precisa de uma nova vitória para seguir na briga pela vaga. Além disso, ainda precisa vencer o Leões de Judá, concorrente direto à vaga, e torcer para que eles percam para o Tubarões do Cerrado, uma das melhores equipes da competição. Já o Templários, que tem a pior campanha da história da liga, ainda pode se livrar do rebaixamento, mas para isso, precisa ganhar do Predadores em casa. Neste cenário, o Sinop Coyotes-MS seria o rebaixado.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 68 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *