Arte: André Gomes/DF Sports+

Ceilandense cumpre objetivo, vence Samambaia e volta à vice-liderança

Após mudanças indesejadas por parte da Administração Regional de Taguatinga, resultando em portões fechados para a partida deste domingo (29), que deveria ter acontecido no sábado (28), Samambaia e Ceilandense foram ao gramado do estádio Serejão para duelarem entre si. O time rubro-negro, com certa obrigação de vencer por conta do elenco superior ao da Cobra Cipó, cumpriu o objetivo e derrotou o adversário pelo placar mínimo – que poderia ter sido mais elástico em caso de maior inspiração do setor de ataque.

Com a vitória, o Ceilandense chega aos 13 pontos e volta à vice-liderança, atrás do líder Paranoá, que venceu o Planaltina por 2 x 1 e ficou com 14.

O jogo

Os primeiros 15 minutos foram de domínio do Ceilandense. Com maior posse, o time trabalhava a bola a partir dos pés de Filipe Werley e Willian. No entanto, sem conseguir quebrar a zaga do Samambaia, o time rubro-negro viu a molecada da Cobra Cipó emplacar uma jogada individual aqui, outra acolá. Aos 28′, Jesiel viu Everton Gabriel livre pela direita e lançou. O atacante dominou, fintou dois marcadores e bateu de pé esquerdo, mandando a pelota caprichosamente na trave.

A essa altura, o Ceilandense havia deixado de tocar bem a bola e passou a fazer lançamentos longos, sem sucesso. Andrezinho e Mirandinha eram bastante acionados, mas por poucas vezes conseguiam levar perigo real de gol. Só aos 34′, a equipe agrediu o Samambaia. Em bola parada, Clécio bateu forte, e o goleiro Diogo teve de espalmar. Andrezinho pegou o rebote, mas desperdiçou a oportunidade.

No segundo tempo, logo aos 26 segundos, o zagueiro Luan Silva rifou bola após ataque do Ceilandense. O chutão acabou virando um passe dominado pelo centroavante Gabriel Teles, que bateu na saída do goleiro Léo e só não abriu o placar porque o camisa 1 rubro-negro salvou a pátria.

Aos 10′, Clécio apareceu de novo em bola parada. O camisa 11 cobrou falta de muito longe e obrigou Diogo a espalmar por cima do gol.

O Samambaia demonstrava cansaço físico e dependia de lampejos de Everton Gabriel para tentar algo. O Ceilandense, então, tinha mais posse de bola novamente, mas não conseguia converter em gol.

Apesar do curto repertório no ataque, o time rubro-negro abriu o placar aos 34′. Após chance criada, a zaga do Samambaia tentou afastar, mas Kelvin, dentro da área, colocou o pé na bola, dominou e bateu no canto esquerdo, balançando as redes do Serejão.

Aos 40′, o time teve a chance de ampliar. Após troca de passes, Mirandinha lançou Willian do outro lado da área. Ele chegou nela, mas, de perna esquerda, errou o chute. Aos 48′, novamente Mirandinha. Desta vez, ele recebeu passe de Betinho e ficou cara a cara com Diogo, mas o lateral Júlio Cezar desarmou bem na hora do arremate.

E foi só. Placar final: Samambaia 0 x 1 Ceilandense.

Na próxima rodada, o Samambaia recebe o Botafogo-DF, postulante ao acesso. Já o Ceilandense mede forças contra o Brasília em um confronto direto. Datas e locais a definir.

SAMAMBAIA 0 x 1 CEILANDENSE

Campeonato Candango 2ª Divisão 2019 – 5ª rodada
Estádio Serejão, Taguatinga – DF – 29/09/2019, às 15h30

Público e renda: portões fechados

Árbitro: Marcos Antônio
A1: Kléber Alves
A2: Jonas Oliveira
Quarto Árbitro: Matheus Moraes
Inspetor: Rodrigo Paulino

SAMAMBAIA

Diogo; Júlio Cezar, Luan Silva, Macalé, Jesiel; Marcinho, Luan Lacerda (Caio), Gabriel Vitor (Lyncom), Celso Rodrigo (Pedro Henrique); Everton Gabriel, Gabriel Teles

Técnico: Edmilson Marçal

Gol: não houve

Cartão amarelo: Gabriel Vitor

Cartão vermelho: não houve

CEILANDENSE

Léo; Andrezinho, Índio, Wallace, Kabrine (Renato, depois Dedê); Felipe Werley (Kelvin), Dadinho, Willian; Mirandinha, Clécio, Betinho

Técnico: Gessimar Marques (Flu)

Gol: Kelvin (34′ – 2ºT)

Cartão amarelo: Dadinho

Cartão vermelho: não houve

Willian Matos

Jornalista com experiência em redação, assessoria de imprensa, rádio e portais da web. Toca cavaco quando dá tempo. Tem a certeza que Rogério Ceni é melhor que Marcos. É editor-chefe do DF Sports+ desde maio de 2019

Willian Matos tem 225 posts e contando. Ver todos os posts de Willian Matos

Willian Matos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *