Entidades e psicólogos discutem mudanças em prol dos atletas na Lei Pelé

A Comissão do Esporte da Câmara Federal realizou na última semana uma audiência pública para discutir a inclusão na Lei Pelé de assistência psicológica continuada aos atletas profissionais, uma modificação que é tratada na casa pelo Projeto de Lei (PL) 7683/2017. A discussão foi pedida pelo deputado Roberto Alves (Republicanos-SP), que é o relator da matéria na Comissão. Estiveram presentes o presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais do Estado de São Paulo, Rinaldo Martorelli; o vice-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Marco La Porta; o representante da Associação Brasileira de Psicologia do Esporte, Rodrigo Acioli; e o triatleta Leandro Macedo.

O projeto é do ex senador Marcelo Crivella, que atualmente é prefeito do Rio de Janeiro. Crivella afirmou que “o preparo psicológico é tão importante quanto o preparo físico”. Durante a audiência, os participantes sugeriram diversas mudanças ao relator para que a lei pudesse ter um alcance maior, alcançando não só atletas olímpicos, mas também esportistas que sejam apenas profissionais.

Outra mudança proposta foi a de especificar a frequência do atendimento psicológico aos atletas. La Porta falou sobre a visão do COB em relação ao projeto. “Nós não nos opomos a proposta, pois atletas olímpicos já recebem atendimento psicológico, mesmo sem a exigência da lei. Mas acredito que isso precisa estar bem detalhado na Lei Pelé, sugerimos essa mudança pra que a lei seja benéfica pra todos, inclusive os atletas que são olímpicos” afirmou.

O deputado Roberto Alves disse que faria um texto substitutivo para poder acatar as sugestões que foram levadas a audiência pelos participantes. “As entidades e os participantes que se fizeram presentes aqui nos deram uma clara mensagem, a questão psicológica dos atletas profissionais precisa ser tratada com mais critérios, e por isso, vamos ouvir todos os lados e buscar o apoio jurídico necessário pra ter um texto substitutivo que seja mais abrangente”, concluiu.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 461 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *