Câmara aprova semana de combate à violência contra crianças atletas

A comissão do esporte da Câmara Federal aprovou um requerimento do deputado Roberto Alves (Republicanos-SP), que pede a realização de uma campanha de exposição via internet durante a Semana da Criança dos dias 07 a 14 de outubro desse ano. O movimento será nomeada de Semana de Combate à Violência de Crianças e Adolescentes dentro do Esporte Brasileiro.

O objetivo é mobilizar a sociedade brasileira contra a violência física e psicológica que acontece com milhares de atletas mirins em diversos tipos de modalidade.

O deputado comentou sobre o requerimento. “A violência física e psicológica, lamentavelmente, faz parte do cotidiano de milhares de jovens atletas, amadores e profissionais de todas as categorias. Em nome do sonho do estrelato e do pódio, eles suportam abusos, agressões e violações, mantendo-os em segredo para não sofrer represálias em suas carreiras promissoras. Precisamos agir e proteger nossas crianças que praticam esportes no país, queremos abrir o olho da sociedade para isso”, afirmou Alves.

Mesa redonda

A violência física e psicológica que acontece contra crianças e adolescentes, sejam eles atletas de alto nível ou ainda em formação, será tema de uma mesa redonda de discussões na Comissão de Esportes da Câmara Federal, em data a definir. A iniciativa também é de Roberto Alves. Para participar, foram convidar atletas renomados no esporte brasileiro, jornalistas, ex-atletas e também a mãe do adolescente Denílson Silva, brutalmente assassinado em 9 de março de 2016 após resistir à violência sexual em uma escolinha de futebol onde jogava. Confira a lista completa de convidados:

Rafaela Silva
Campeã mundial e medalhista olímpica de judô

Gustavo Kuerten (Guga)
Ex-tenista, tricampeão de Roland Garros

Alexandro Montrimas
Ex-goleiro profissional, autor do livro ‘Futebol, Sonho ou Ilusão’ e ativista na defesa da criança e adolescente contra a violência sexual no esporte

Breiller Pire
Repórter do site El País

Vânia Maria da Silva
Mãe do adolescente Denílson Silva

Luciana Neder
Ouvidora da Federação Sul-Americana de Jiu-Jitsu

Mizael Conrado
Presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro

Denise Vilela
Promotora do Ministério Público do Rio Grande do Sul

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo Jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 69 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Um comentário em “Câmara aprova semana de combate à violência contra crianças atletas

  • Avatar
    13 de setembro de 2019 em 11:01
    Permalink

    É importante o debate, pois a criança e adolescente precisa também de garantias, principalmente nos clubes profissionais; pois lá chegam e em muitos dos casos, após um período de dois, três, quatro anos, são dispensados sem qualquer incentivo financeiro; entendo que todo adolescente em clubes profissionais, devem receber ajuda de custo como se fosse o primeiro emprego;
    Como fica a cabeça do jovem de 18, 19, 20 anos de idade, sendo dispensado do clube, que em muitos casos, defende desde a primeira infância. V. M.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *