Universo Brasília estreia com derrota no Interligas

A equipe de Basquete do Universo Brasília estreou na temporada 2019/2020 na noite de sexta-feira (6), mas o resultado não foi o que a equipe esperava. O time acabou sendo derrotado pelos donos da casa, o Regatas Corrientes, por 77 x 69. Com o resultado, a chance dos brasilienses conseguirem a classificação e trazer um jogo da competição para o Distrito Federal acabou diminuindo bastante.

Apesar da derrota, o Universo teve o melhor jogador da partida: o Pivô Ronald Rudson teve 90% de aproveitamento nos chutes de quadra, fazendo 22 pontos no jogo, além de pegar 8 rebotes. Outro destaque da equipe foi o armador Gui Santos, que chegou no final do ano passado para os playoffs do último Novo Basquete Brasil (NBB). Apesar de não ser titular, ele conseguiu se destacar com 11 pontos, além de 7 rebotes e 4 assistências.

A equipe inicial teve a seguinte formação: Nezinho, Pedro Mendonça, Arthur, Rafa Moreira e Ronald. O treinador André Germano colocou o time pra atuar no 2-2-1, jogando com um time mais aberto e trabalhando a bola com o pivô. A estratégia funcionou e a equipe conseguiu equilibrar a partida, mas as falhas de marcação e boas jogadas da equipe argentina fizeram com que os mandantes do jogo ganhassem o 1º quarto por 21 x 16.

Germano revezou os atletas, mas seguiu dando trabalho com boas jogadas, surgindo principalmente do armador Gui Santos e do pivô Marcelão, que entrou bem no jogo. Apesar disso, o time de Brasília não conseguia ajustar a marcação e terminou novamente perdendo: 40 x 34.

Na segunda metade, o apagão foi geral. A equipe voltou dispersa e viu o Corrientes chegar a 87% de arremessos no quarto, muito disso devido aos lances em que os jogadores ficaram livres pros chutes. Faltando quatro minutos para o fim, o Regatas colocou o time reserva em quadra, e só ai o Brasília conseguiu acordar e encostar um pouco mais no placar. O terceiro quarto acabou 61 x 45 para os argentinos.

No último quarto do jogo, o Corrientes veio pra cima e conseguiu abrir 22 pontos de frente, esfriando o ímpeto do Universo Brasília. Após um pedido de tempo de André Germano, o time do Brasília mudou a estratégia de marcação e começou a pressão já na quadra adversária, pressionando os reservas que haviam voltado à quadra. Com o novo estilo, a equipe conseguiu dominar os minutos finais, mas tudo isso acabou sendo insuficiente pela grande vantagem que o Corrientes já havia aberto, deixando o placar final em 77 x 69.

A equipe de Brasília volta a jogar pelo torneio neste sábado (7), às 17h15, contra o Comunicaciones (ARG). O jogo será transmitido pelo Facebook do Novo Basquete Brasil (NBB).

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 41 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *