Minas Icesp se despede do brasileiro sub-18 com show da goleira Mylene

O Minas Icesp completou a saga no Brasileirão Feminino sub-18 com um empate contra a equipe do Palmeiras. O jogo foi bastante disputado, com domínio em maior parte do tempo pela equipe do Palmeiras, que acabou esbarrando no personagem do jogo, a goleira Mylene. A arqueira fez diversas defesas difíceis e ajudou a assegurar o último ponto para a equipe, que acabou se despedindo da competição, mas jogando de igual para igual com os times grandes.

Precisando da vitória, o Palmeiras logo se lançou ao ataque. Com apenas três minutosz quase abriu o placar após um excelente lançamento de Beatriz pra Lara, que acabou não conseguindo dominar e perdeu a chance. O Minas Icesp só conseguiu sair da pressão aos 14 minutos, após uma cobrança de escanteio. Mileninha subiu sozinha mas parou em uma grande defesa da goleira Luana.

O jogo voltou a ficar truncado, com mais chances para o Palmeiras, que só conseguiu voltar a crescer na partida aos 39 minutos, e só não abriu o placar com a atleta Beatriz por que a goleira Mylene apareceu pela primeira vez na partida fazendo uma grande defesa, tirando em cima da linha para evitar o gol alviverde. Aos 46 minutos, o alviverde chegou mais uma vez com perigo e viu de novo a goleira Mylene fazer outra boa intervenção.

O segundo tempo foi mais uma vez de grande pressão da equipe paulista, que sabia que precisava da vitória e se lançou bastante ao ataque, mas não conseguia finalizar. Até que, aos 20 minutos, Lara viu o campo aberto à frente e resolveu chutar para o gol. Ela viu a goleira Mylene se esticar toda e fazer outra espetacular defesa.

Pouco tempo depois, Lara teve nova oportunidade, driblou a zagueira e bateu no canto, mas a goleira apareceu bem outra vez e conseguiu fazer uma boa defesa. No lance seguinte, foi a vez do Minas Icesp ter a única boa oportunidade na segunda etapa, quando Mileninha aproveitou sobra na área, driblou uma zagueira e conseguiu o chute, que acabou parando na zaga palmeirense e na trave.

O jogo seguiu com muita disputa de bola, mas poucas chances de finalização, terminando em 0 x 0, o que pode ter eliminado as duas equipes, já que o Palmeiras depende de tropeços para conseguir garantir a segunda vaga.

Rômulo Maia

Jornalista e goleiro de futebol. Apaixonado por todos os tipos de esportes e pelo jornalismo. Defende que as mulheres tenham as mesmas oportunidades que os homens, e que os mais carentes tenham incentivo à prática do desporto. "O esporte é a ferramenta de inserção social mais eficaz, pois o resultado é imediato e as transformações são surpreendentes."

Rômulo Maia tem 41 posts e contando. Ver todos os posts de Rômulo Maia

Rômulo Maia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *