Foto: Luiz Fernando Santos/DF Sports+

Com briga no fim, Taguatinga bate Ceilandense cola na liderança do grupo B

Na tarde do domingo (16), na Metropolitana, o Ceilandense recebeu o Taguatinga pela quinta rodada do Campeonato Candango de Juniores de 2019, o Candanguinho. O mando de campo era do time de Ceilândia, mas quem parecia estar jogando em casa era o TEC. Com o domínio do jogo, os visitantes não tiveram dificuldade para marcar, controlar a partida e sair com os três pontos, que deixam a equipe azul colada nos líderes Formosa e Paracatu. Em último colocado, sem nenhum ponto somado até o momento, os donos da casa não esboçaram reação e saíram derrotados.

O primeiro lance do jogo foi de tensão. Aos sete minutos, Biel se chocou forte com o goleiro Marcos e os dois ficaram no chão. Pior para o camisa 8 do Taguatinga, que teve que ser substituído e saiu de campo chorando. O arqueiro tomou amarelo no lance, que só não foi pênalti porque o meia estava impedido.

Aos 10’, a primeira chegada do TEC. Depois de cruzamento da direita, Pará cabeceou por cima do gol. Aos 14 minutos, a única chegada com perigo do time da casa no primeiro tempo. Levi avançou pela esquerda e cruzou, Gustavo dominou sozinho na área e bateu cruzado. A bola passou perto da trave esquerda do goleiro Lucas.

Aos 21’, o primeiro gol do Taguatinga. Depois de escanteio batido pela esquerda de ataque, a zaga furou e Darlan escorou de cabeça para abrir o marcador. E isso foi tudo no primeiro tempo, o TEC valorizou a posse de bola, e o Ceilandense abusou dos chutões em direção a Vítor, camisa 10 da equipe e melhor jogador do time, até o apito do árbitro que terminou a primeira etapa.

O segundo tempo começou animado. Logo no primeiro minuto, uma ótima chance do Taguatinga ampliar a vantagem. Érison tentou o cruzamento, a bola atravessou a área até chegar em Alan, o atacante dominou e chutou forte para bela defesa do goleiro Marcos. Aos 10’, foi a vez de Jardson parar em Marcos, em chute a queima roupa.

Aos 15 minutos, a única chance de gol para os mandantes na segunda etapa — a mais clara de toda a partida. Vítor recebeu passe em profundidade antes do meio campo, correu mais que a zaga, entrou na área sem marcação, mas na hora de finalizar mandou à direita do gol. Era a chance de empate do Ceilandense.

O castigo para o time da casa, depois do gol perdido, veio aos 21 minutos. João acertou lindo lançamento por cima da defesa para Jardson, que só tocou na saída do goleiro para fazer 2×0 para o Taguatinga.

Aos 42’, o lance mais curioso do jogo. Depois de dividida na área do Ceilandense, a bola foi afastada e dois jogadores ficaram se encarando. O goleiro foi separar a confusão e Willian observou que o arqueiro não estava na baliza e mandou para o gol vazio. Como o árbitro Adriano Luiz não havia paralisado a partida, o tento foi validado. O lance gerou muita revolta do time mandante. Fim de jogo: Ceilandense 0x3 Taguatinga.

Terceiro gol deixou Ceilandense na bronca. Era só o início da confusão generalizada. Foto: Luiz Fernando Santos/DF Sports+

Confusão

O detalhe negativo para o jogo foi a briga no minuto final da disputa, lance que manchou a ótima partida que estava sendo praticada até o momento. O início de confusão se deu quando o árbitro Adriano Luiz validou o gol de Willian aos 42 minutos do segundo tempo. O time de Ceilândia reclamou muito do lance e queria a paralisação do jogo. Após muito bate boca e a validação do tento para a equipe visitante, uma entrada dura no meio do campo foi o que bastou para começar a briga.

Socos, empurrões e xingamentos foram distribuídos por ambas as equipes. O resultado de toda a confusão foi um ombro fora do lugar. O zagueiro Igor saiu com o ombro deslocado e teve que ir para o hospital. Além da lesão, sobraram cartões vermelhos. Igor e Milton foram expulsos pelo Ceilandense e João pelo Taguatinga. O técnico da equipe da casa, Paulinho Brasília, reclamou muito da arbitragem ao final do jogo.

Na próxima rodada, o time do Taguatinga recebe o Brasília e o Ceilandense sai para visitar o Brazlândia. As datas e locais das partidas ainda não estão definidos.

FICHA TÉCNICA

CEILANDENSE 0 x 3 TAGUATINGA

Campeonato Candango de Juniores de 2019 – Fase de grupos (quinta rodada)

Estádio Metropolitana – Núcleo Bandeirante-DF – 16/06/2019, às 15h30

Árbitro: Adriano Luiz do Nascimento Neri
A1: Mizael Quintino dos Santos Lopes
A2: Clesle Siqueira Gama
Quarto árbitro: Cristofer Souza Valeriano

CEILANDENSE

Marcos; Leonardo, Igor, Juan e levi; Milton, Deivyson e Gustavo; Davi (Vitor Hugo), Maia (Pedro) e Vítor
Técnico: Paulinho Brasília

Gol: não houve

Cartões amarelos: Marcos, Deivyson, Igor e Vítor

Cartão vermelho: Igor e Milton

TAGUATINGA

Lucas; Dudu, Vinícius, Júlio e Érison; Willian, Darlan, Biel (Jardson) e João; Pará (Alan) e Omar

Técnico: Adelson Júnior

Gols: Darlan (21’ – 1ºT), Jardson (21’ – 2ºT) e Willian (42’ – 2ºT)

Cartões amarelos: Omar

Cartão vermelho: João

Luiz Fernando Santos

Engenheiro eletrônico de formação, decidiu seguir a carreira jornalística por amor ao esporte. Está na área como repórter e comentarista desde 2018.

Luiz Fernando Santos tem 62 posts e contando. Ver todos os posts de Luiz Fernando Santos

Luiz Fernando Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *