Foto: João Vitor/ES Hoje

Vitória-ES decide contra Sobradinho logo no primeiro tempo

A tarde era muito importante para o Sobradinho. Desde 2012 a equipe não disputava a Série D do Campeonato Brasileiro. A tão aguardada estreia aconteceu num ensolarado dia nas terras capixabas de Cariacica-ES. Kléber Andrade, o famoso estádio da arquibancada colorida, era o palco do retorno triunfal do Leão da Serra. Bom, não tão triunfal como o alvinegro desejava.

Após uma partida movimentada, o Sobradinho não conseguiu superar o ímpeto do Vitória e acabou saindo do Espírito Santo derrotado. Carlos Vitor e Baiano garantiram o placar favorável de 2 x 0 para os capixabas, que começaram a Série D em grande estilo.

Vitória brilha no primeiro tempo

Os capixabas não perderam tempo e já surpreenderam o Sobradinho. A primeira grande chegada da partida partiu dos pés de Carlos Vitor, que arriscou da entrada da área após passe da esquerda e mandou nas mãos de Léo Rodrigues. Com 12 minutos registrados no cronômetro, menos de 60 segundos após a primeira tentativa, Carlos Vitor recebeu nova assistência dentro da área e tocou na saída do goleiro Léo, que viu a pelota passar por cima de si e morrer no fundo das redes.

A proposta de jogo do Vitória era interessante. Com uma marcação alta, a equipe do Espírito Santo dificultou a saída de jogo dos brasilienses, que não conseguiram armar jogadas de perigo nos minutos iniciais, assistindo os donos da casa jogar com mais liberdade, regidos pelo som da animada torcida presente no Kléber Andrade.

Nesses moldes, a equipe capixaba conseguiu ampliar 10 minutos depois. Baiano recebeu lançamento de Carlos Vitor em profundidade, ajeitou o corpo e mandou com força, bola rasteira, sem chances de defesa para Léo Rodrigues.

O Vitória conseguiu controlar o volume de jogo e manter o resultado de 2 a 0 até o final da primeira etapa. O Sobradinho ainda tentou com Hyago, de cabeça, e Leandro, que chutou nos peitos de Harrison e perdeu boa oportunidade de empatar. Aos 45’, o Leão buscou o último ataque da primeira etapa em um cruzamento da direita, mas a bola passou por todo mundo e seguiu pela lateral oposta. Por fim, Thiago Luís Scarascati apontou o centro de campo.

Capixabas seguram vantagem; Sobradinho estreia com derrota

A primeira tentativa mais ousada na segunda etapa partiu do Sobradinho. Victor Santana substituiu dois atletas logo no início da etapa complementar, João Manoel e Robinho. Em seus lugares, Ewertton e Julio Ferrari entraram com o objetivo de igualarem as ações para dar margens de chances ao Leão da Serra de não sair derrotado do sudeste do país. Aos seis minutos, João Manoel chutou de fora da área, mas Harrison estava atento e encaixou. Em resposta, Vitinho cobrou falta com categoria e obrigou Léo Rodrigues a fazer grande defesa.

Victor Santana ainda substituiu João de Deus para colocar Murillo Magno na partida, isso antes dos 30 minutos da segunda etapa. Mas a partida era faltosa, demasiada complicada para que o Leão esboçasse qualquer reação. Esperto, o clube aurianil, treinado pelo eterno Valdir Bigode, amarrou o jogo com o objetivo de cortar as ações alvinegras, impedindo qualquer chance de criar jogadas mais perigosas.

Sendo assim, o Sobradinho saiu derrotado de Cariacica. Júlio Ferrari e Murilo Magno ainda buscaram o empate, este último em um bom chute rasteiro aos 35 minutos, mas a boa atuação de Harrison garantiu sossego ao Vitória, que começa a Série D na liderança do Grupo A12.

O próximo adversário do Leão da Serra é a Caldense-MG, no próximo sábado (11), no mesmo horário de hoje (16h). A partida será realizada no Augustinho Lima, e é uma ótima oportunidade de recuperação para o alvinegro. Na mesma data, uma hora mais cedo, o Vitória vai ao Rio de Janeiro enfrentar a Portuguesa carioca.

VITÓRIA/ES x SOBRADINHO

Campeonato Brasileiro de Futebol – Série D – 1ª Rodada (fase de grupos)

Estádio Kléber Andrade – Cariacica-ES – 04/05/2019, 16h

Público Pagante: 585 pessoas

Público Presente: 649 pessoas

Renda: R$16.180,00

Árbitro: Thiago Luis Scarascati

A1: William Trufelli Malaquias

A2: Amanda Pinto Matias

Quarto Árbitro: Raphael Garcia de Andrade

VITÓRIA/ES

Harrison; Cássio (João Vitor), Ferrugem, Léo Breno e Thainler; Nick, Thiago e Rodrigo César (Marcinho); Baiano (Henrique), Vitinho e Carlos Vitor

Técnico: Valdir Bigode

Gols: Carlos Victor (12’ – 1ºT) e Baiano (22’ – 1ºT)

Cartão amarelo: João Vitor

Cartão vermelho: não houve

SOBRADINHO

Léo Rodrigues; Andrezinho, Hyago, Igor e Dionatan; Werick, Robinho (Julio Ferrari), Luiz Felipe e João Manoel (Ewertton); João de Deus (Murillo Magno) e Leandro Aguiar

Técnico: Victor Santana

Gol: não marcou

Cartão amarelo: Hyago e Júlio Ferrari

Cartão vermelho: não houve

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2524 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *