Universo/Brasília estreia com vitória nos playoffs

 A torcida brasiliense está em festa. Jogando em total sinergia com os torcedores que compareceram em bom número ao Ginásio da ASCEB, o Universo/Brasília bateu o Corinthians (SP) por 87 a 78 e largou com vitória na série melhor de três válida pelas oitavas de final do NBB 11. O cestinha do time brasiliense na partida foi o ala/pivô Ronald, autor de 18 pontos.

Outros jogadores também se destacaram, como o pivô Windi Graterol, que terminou o duelo com um duplo-duplo, anotando 16 pontos e apanhando incríveis 18 rebotes, terceira maior marca do fundamento na temporada. O armador Nezinho foi outro a alcançar um duplo-duplo: foram 13 pontos e dez assistências. 

Testando uma formação titular até então inédita na temporada, o técnico André Germano mandou à quadra um quinteto composto por Nezinho, Zach Graham, Arthur, Ronald e Graterol. A escolha se mostrou acertada e, graças à grande atuação coletiva, em que Ronald e Graterol lideraram o ataque, com seis pontos cada, o Universo/Brasília terminou os dez minutos iniciais do duelo vencendo por 22 a 14. O ala/pivô brasiliense, aliás, se mostrou cada vez mais à vontade em quadra, dando uma enterrada que levantou a torcida na arquibancada. Além dos pontos, o pivô venezuelano ainda apanhou seis rebotes apenas no primeiro quarto. 

Empurrado pela torcida, que vibrava a cada cesta dos donos da casa, o Universo/Brasília manteve a mesma pegada do primeiro quarto. Zach Graham, que teve, pela primeira vez na temporada a família na arquibancada, mostrou que estava empolgado, e foi o cestinha do time na parcial. Com uma postura defensiva aguerrida, que impediu as principais forças ofensivas do Corinthians de se sentirem à vontade em quadra, o Universo/Brasília foi para os vestiários vencendo o duelo por 44 a 34. 

A partida ganhou em equilíbrio na volta do intervalo. Disposto a reverter a desvantagem no marcador, o Corinthians passou a cometer menos erros em quadra. Apesar da reação dos visitantes, o Universo/Brasília mostrou controle emocional. Com algumas trocas promovidas por André Germano, a equipe freou o ímpeto do Corinthians, impedindo que o time do Parque São Jorge virasse o marcador. A menor distância no placar foi de três pontos, exatamente a diferença entre as equipes ao final do terceiro período: 60 a 57 a favor do Universo/Brasília. 

O jogo seguiu equilibrado no quarto período. Com as duas equipes nervosas, alguns lances e divididas mais bruscas foram vistos no Ginásio da ASCEB. Com as duas equipes lutando ponto a ponto pela vitória, o placar chegou a ficar empatado, mas o Universo/Brasília, mais uma vez, demonstrou controle emocional. A equipe jamais sofreu a virada e, a 7mins31s para o fim do tempo regulamentar, tomou a dianteira do placar para não mais perder.

Ao final da partida, com a vitória por 87 a 78, time e torcida puderam comemorar juntos o primeiro triunfo na série melhor de três das oitavas de final do NBB. “Conseguimos fazer ter uma boa atuação coletiva mais uma vez. Todos que jogaram nos ajudaram muito e a equipe conseguiu mostrar a força do elenco. Conquistamos uma importante vitória, mas vamos manter o pé no chão porque a série ainda não está decidida. O primeiro passo foi dado”, celebrou o ala Arthur. 

Confira os jogos do Universo/Brasília nas oitavas de final do NBB 11:  

– Jogo 2: dia 4/4, às 20h, no Ginásio Wlamir Marques, em SP

– Jogo 3: dia 6/4, às 21h, no Ginásio Wlamir Marques, em SP* 

* Se necessário

Por Lucas Magalhães/Universo/Caixa/Brasília

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2616 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *