Candangão 2019 chega à reta final

Estão definidos os confrontos das quartas de final do Campeonato Brasiliense de 2019. O Gama medirá forças com o Formosa, o Brasiliense encontrará o Capital, o Luziânia irá duelar com o Paracatu e o Real FC disputará com o Sobradinho uma vaga nas semifinais do Candangão. Os jogos de ida já serão nesta quarta-feira (27) e o DF Sports traz um material já para entrar no clima de decisão com o retrospecto das equipes na primeira fase, quem se destacou e ainda como foram os encontros das respectivas equipes na primeira metade da competição. Confira:

Formosa x Gama

IDA: 27/03, às 20h, Diogão

VOLTA: 30/03, às 20h, Bezerrão

O oitavo colocado na primeira fase, Formosa, encontra o líder invicto da mesma, o Gama. O mandante do jogo da ida teve três vitórias, cinco empates e três derrotas nas 11 partidas iniciais, tendo o aproveitamento de 42,4%. O artilheiro do campeonato, Jessuí, é um dos responsáveis pelo bom ataque do Tsunami do Cerrado, que somou 14 gols, ficando entre os cinco melhores do campeonato, empatado com o Real FC, sendo oito do atacante de 36 anos. Quanto aos gols sofridos, o Formosa tem 10, resultado no saldo final de quatro gols.

Líder também na lista de melhor ataque, o Periquito ostenta a marca de 23 gols marcados e apenas quatro sofridos nos 11 jogos da primeira parte do Candangão. Com o saldo de gols de 19, ficando atrás somente do vice-líder, Brasiliense (20), o Gama venceu dez partidas e empatou uma. O veterano, Nunes, é o comandante do ataque do Verdão, com cinco gols marcados. No duelo entre as duas equipes, pela 6ª rodada, o Gama venceu fora de casa por 2 x 1. Na ocasião, o Formosa saiu na frente no placar, com gol de Jessuí aos seis minutos de jogo, mas Jefferson Maranhão e Nunes marcaram os gols da virada do Esquadrão do Povo.

Capital x Brasiliense

IDA: 27/03 às 20h, Mané Garrincha

VOLTA: 31/03 às 15h30, Abadião

Os opostos se atraem, mas nada como um Capital x Brasiliense nas quartas de final. Enquanto o Jacaré ostenta um saldo de 20 gols (21 marcados e um sofrido), o rival tem saldo negativo de -1 (dez marcados e 11 sofridos). De um lado, o quase invencível, Brasiliense, que perdeu apenas uma partida, para o rival Gama, empatou uma e venceu nove. E do outro, o Corujão do Guará, que venceu o mesmo número de partidas que perdeu (quatro) e empatou três.

No encontro entre eles a superioridade também apareceu. O Esquadrão Amarelo fez 2 x 0 em cima do Capital em jogo válido pela 6ª rodada do Candangão. Reinaldo e Geovane foram os autores dos gols da partida, mas quem se destacou no elenco do Jacaré foi o paredão Edmar Sucuri. O goleiro bateu recorde de tempo sem tomar gol, até o clássico contra o Gama, quando Nunes converteu a cobrança de pênalti que deu a vitória ao Verdão.

Já do lado do Capital, dois jogadores chamam mais atenção e podem fazer diferença no confronto contra o Jacaré: Daniel Felipe, zagueiro, e Sandy, volante. O primeiro esteve na maioria dos jogos e ainda anotou dois gols, enquanto o outro saiu do banco de reservas, ganhou espaço e junto aos companheiros de time pode segurar o ataque do Brasiliense.

Paracatu x Luziânia

IDA: 27/03 às 19h, Frei Norberto

VOLTA: 30/03 às 15h30, Serra do Lago

O terceiro colocado da tabela do Candangão, que impressionou com a campanha apresentada, enfrenta o Paracatu (6º), que manteve o que fez no ano passado e garantiu a vaga na fase mata-mata. O Azulão venceu cinco, empatou quatro e perdeu somente duas partidas das 11 jogadas, terminando com o aproveitamento de 57,6%. É o terceiro melhor ataque da competição com 18 gols marcados e sofreu nove, mesma quantidade que tem de saldo de gols.

O Tricolor Mineiro teve o mesmo número de vitórias e derrotas, quatro, e três empates. Tem o total de dois em saldo de gol, sendo nove positivos e sete negativos. Na primeira fase, os times se encontraram logo na rodada de abertura da Campeonato Brasiliense. Naquela ocasião, o time visitante (Paracatu) levou a melhor pela diferença mínima de 1 x 0, com gol de Rychely.

De um lado, na briga pela artilharia da competição, está o atacante do Luziânia, Felipe Tanque com cinco gols. Do outro, o Águia conta com as habilidades do lateral Danilo Itaporanga tanto na defesa quanto no ataque para avançar de fase. O jogador tem três gols no Candangão e ainda é um dos guardiões da meta da equipe.

Sobradinho x Real FC

IDA: 27/03, às 15h30, Augustinho Lima

VOLTA: 31/03 às 15h30, Mané Garrincha

Colados na tabela da primeira fase, Sobradinho (5º) e Real FC (4º), se encontram para disputar vaga na semifinal do Candangão 2019. O Leão da Serra teve o aproveitamento mais equilibrado nas 11 rodadas na fase de pontos corridos, 51,5%, obtidos em cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas. Mas o adversário não fica para trás.

O Leão do Planalto venceu quatro partidas, empatou seis e perdeu uma, terminando com o aproveitamento de 54,5%. No duelo de leões na primeira fase, o visitante do jogo da ida saiu vitorioso. Em partida válida pela 2ª rodada, o Real bateu o Sobradinho por 2 x 0, dentro de casa, com gols de Roger Gaúcho e Filipe Cirne.

Por Amanda Gil

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2524 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *