Formosa larga em vantagem, mas cede empate ao Paracatu

Formosa e Paracatu entraram em campo na tarde deste domingo no estádio Diogão, na cidade goiana, buscando subir na tabela de classificação. Mas em jogo válido pela terceira rodada do Candangão 2019, os clubes acabaram empatando por 1 x 1 e desperdiçaram a chance de conquistar a vitória.

Formosa sai na frente

Invicta na competição e contando com o apoio do seu torcedor, a equipe do técnico Heli Carlos quase abriu o placar no início do jogo após cobrança de falta perigosa que passou perto. No lance seguinte, boa jogada de Jessuí e o goleiro Gabriel fez grande defesa. O Paracatu respondia com Carlos Henrique, que comandava as ações ofensivas do time mineiro.

Aos dez minutos, mais um lance de perigo do mandante. O zagueiro Pavanelli subiu bem e quase marcou de cabeça, após escanteio cobrado por
Aelson. Aos 15 minutos, o Formosa abriu o placar: A defesa do Paracatu tentou fazer a linha do impedimento e errou feio. Jean Bala recebeu o lançamento e tocou na saída do goleiro Gabriel. Apesar da reclamação dos mineiros, o árbitro Gildevan Lacerda validou o gol.

Jogando sob um sol muito forte, estava difícil manter o ritmo do início da
partida. O árbitro interrompeu a partida aos 22 minutos para hidratação das equipes. Após a parada técnica, o jogo seguiu equilibrado. O Paracatu errava muitos passes e sentia falta de Rychely, que tinha uma atuação apagada. Davi e David Manteiga também não apareciam. Sentindo o mau momento da equipe, especialmente nos lados do campo, o técnico Joel Cornelli mexeu. O lateral Magal que já não vinha bem sentiu uma lesão e foi substituído por Danilo Itaporanga. O primeiro tempo chegou ao fim com vitória parcial do Formosa.

Na volta do intervalo, os donos da casa chegaram de novo, agora com o
experiente Agenor, que arriscou um chute de fora da área. O jogador teve outra chance na sequência, quando cabeceou por cima da meta do goleiro
Gabriel.

A equipe mineira começou a se encontrar na partida. O meio campo começou a funcionar, até que aos 10 minutos, após rápida tabela, Agenor fez pênalti no meia Davi. Carlos Henrique bateu bem e empatou a partida.

Pouco depois, duas mudanças na equipe goiana. O meia Foguinho sentiu um desconforto na coxa direita e foi substituído por Neiva. Em nova troca,
Alandelon entrou na vaga de Jessuí. A partida seguia muito disputada e os técnicos buscavam novas alternativas para as equipes. Carlos Henrique, que se sentia mal e até vomitou no início do segundo tempo deu lugar a Maicon Alagoano.

Aos 34 minutos o Formosa quase voltou a ficar em vantagem. Gabriel fez ótima defesa após finalização de Jean Bala. Três minutos depois, veio a ultima alteração do Paracatu, quando Acerola entrou no lugar de Leandro Aguiar. Nos acréscimos, o Paracatu teve a última chance de sair com a vitória: aos 47′ Hícaro tentou de cabeça após escanteio e assustou. E foi só. Fim de papo no Diogão com um empate que não agradou a ninguém.

Com o empate o Formosa chega aos cinco pontos na competição e segue sem perder. O Paracatu agora tem quatro pontos. No próximo domingo (10), a equipe goiana recebe o Real FC no estádio Diogão às 17h. Já o Paracatu volta a jogar em casa: No sábado (9) enfrenta o Brasiliense no estádio Frei Norberto às 16h30.

FICHA TÉCNICA

FORMOSA 1×1 PARACATU

Campeonato Candango de 2019 – Primeira Divisão – Terceira Rodada

Estádio Diogão, Formosa – 03/02/2019, 11h

Público: 1062 pessoas

Renda: R$ 8.256,00

Árbitro: Gildevan Lacerda

A1: Lehi Sousa

A2: Marconi Souza

Quarto Árbitro: Bruno Pradera

Inspetor: Rodrigo Paulino

FORMOSA

Matheus; Glauber, Élton, Paganelli e Aelson; Agenor, Foguinho (Neiva),
Juninho Arinos e Moisés Rato; Jessuí (Alandelon) e Jean Bala .

Técnico: Heli Carlos

Gols: Jean Bala (15’- 1º tempo)

Cartão Amarelo: Paganelli e Agenor

Cartão Vermelho: Não Houve

PARACATU

Gabriel; Henrique, Pierre, Hícaro e Magal (Danilo Itaporanga); Zé Wilson,
David Manteiga, Davi e Carlos Henrique(Maicon Alagoano); Leandro Aguiar (Acerola) e Richely.

Técnico: Joel Cornelli

Gols: Carlos Henrique (12’- 2º tempo- pênalti)

Cartão Amarelo: Richely

Cartão vermelho: Não Houve

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 3044 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *