Para esquecer: Ceilândia é goleado pela Ponte Preta na despedida da Copinha

Em sua despedida da 50ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, o Ceilândia atuou como mandante no estádio municipal Evandro B. Calvoso em Andradina-SP e o adversário foi a Ponte Preta-SP, que ainda sonhava com a classificação e precisava vencer o Gato Preto se quisesse avançar à fase seguinte da copinha. Para o Ceilândia, a partida tinha tom de despedida e o adeus às terras paulistas não foram dos mais agradáveis. Em um primeiro tempo de total apagão, o time de Brasília sofreu 5 gols em pouco mais de 20 minutos e acabou sendo goleado pelo placar final de 5 x 1. O gol de honra do Ceilândia veio no último minuto da etapa inicial pelos pés de Kennedy.

Derrota nos 45 minutos iniciais

Às 13h45, sob o sol escaldante e um calor de 38 graus em Andradina-SP, o árbitro deu início a partida. Mal começou e já ficou evidente a proposta de jogo de cada equipe. A Ponte Preta atacava incisivamente, indo pra cima a todo custo para buscar o resultado e sonhar com a classificação. O Ceilândia, abatido pelas derrotas recentes, mal conseguia trocar passes sem ser pressionado pelas laterais. O avanço da linha de marcação da Macaca fez com que o Ceilândia tão logo cedesse a pressão e sofresse o primeiro gol. E ele veio de bola parada.

Nas duas primeiras partidas, o clube de Brasília já havia cedido penalidades máximas a Ceará e Andradina. Contra a Ponte não foi diferente. Aos 23′, em um ataque do clube paulista, a arbitragem encontrou um pênalti duvidoso para o time de Campinas e a comissão técnica do Gato Preto ficou na bronca. Lyncon cobrou e abriu o marcador. Mal comemoraram e o segundo gol foi marcado 2 minutos depois. Vitor Sales, depois de grande jogada ponte pretana, empurrou contra o próprio patrimônio, ampliando a vantagem em Andradina.

9 minutos mais tarde foi a vez da estrela de Vinícius brilhar. Em um período de pouco mais de 10 minutos, o atacante marcou um hat-trick (três gols) e fechou a conta da Ponte Preta na partida. Os dois primeiros foram um atrás do outro, um aos 34′ e o outro aos 35′. O último foi aos 44′, o que antecedeu o gol de honra da equipe de Brasília. Aos 45′, poucos instantes após o terceiro gol de Vinicius, Kennedy marcou o gol do Ceilândia, o que foi o último movimento da primeira etapa.

Jogo fraco na segunda etapa

O segundo tempo se iniciou e com ele vieram os problemas do horário. Em torno das 14h, o calor estava insuportável, prejudicando a prática do futebol e resultando num jogo demasiadamente lento e cansativo para atletas de ambas as equipes. Com isso, nenhum grande lance foi registrado na etapa final. A Ponte Preta apenas administrou a boa vantagem adquirida no primeiro tempo, valorizando o toque de bola no campo defensivo e, por momentos, avançando ao ataque sem levar muito perigo.

O Ceilândia, por sua vez, tentou penetrar no campo defensivo da Ponte mas sem sucesso. O time paulista estava muito bem armado e postado em campo e isso dificultou as ações dos brasilienses que sentiram o peso da goleada e não conseguiram efetivar qualquer perigo aos paulistas. Poucos minutos depois, Paulo Estevan Daniel assinalou o fim da partida.

Com o apito final, a Ponte Preta avançou a 5 pontos na tabela garantiu sua classificação no Grupo 1. O Ceilândia deixa a competição sem pontuar na tabela.

FICHA TÉCNICA

CEILÂNDIA 1 X 5 PONTE PRETA-SP

Copa São Paulo de Futebol Júnior – 3ª rodada (Grupo 1)

Estádio Evandro B. Calvoso, Andradina-SP – 09/01/2019, 13h45

Público: 

Renda: 

Árbitro: Paulo Estevan Daniel

A1: Bruno Gouveia

A2: Ricardo Busette

4º árbitro: Katiucia Lima

CEILÂNDIA

Matheus; Luan, Fernando, Levi (Victor Hugo) e Vitor Sales; Pedro (Warley) (Ryan), Daniel, Muriel (Jardel) e Kennedy (Edson); Ícaro e Thiago (Abídio)

Técnico:  Leonardo Roquete

Gol: Kennedy (45’ – 1T)

Cartões amarelos: Levi, Fernando e Edson

Cartão vermelho: não houve

PONTE PRETA

Guilherme; Camilo (Leonardo), Abner (Jean), Juan Henrique e Vínicus; Matheus, Xavier (Vinicius), Lyncon (Mateus) e Antônio (Eric); Wallison (Gonzalo) e Juninho.

Técnico:  Felipe Moreira

Gols: Lyncon (23’ – 1T), Sales (25’ – 1T Contra), Vinicius (34’, 36’ e 44’– 1T ) 

Cartões amarelo: Abner, Camilo e Xavier

Cartão vermelho: não houve

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2518 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *