Com desfalques importantes, Brasília perde novamente no NBB 11

A noite desta quarta-feira (21) não foi fácil para o Universo/Caixa/Brasília. Como se já não bastassem os desfalques do ala/armador Pedro Mendonça e do ala Arthur, que se recuperam de artroscopia nos joelhos esquerdos, o time da capital federal ainda perdeu o ala/armador Zach Graham, cestinha do campeonato, poupado do jogo por conta de um desconforto no músculo posterior da coxa direita. Mesmo assim, os comandados de André Germano lutaram até o fim, mas foram superados pelo Pinheiros (SP) por 79 a 61. O cestinha brasiliense foi o ala Rafa Moreira, com 14 pontos.

O Universo/Caixa/Brasília teve problemas já no início do primeiro quarto. Prova disso foi o tempo que a equipe demorou a marcar a primeira cesta no jogo: foram necessários 2mins59s para que os brasilienses saíssem do zero graças aos dois lances livres convertidos por Andrezão. Vindo do banco, o armador Pedrinho Rava conseguiu dar ânimo novo ao time, convertendo duas bolas de três pontos, mantendo o Universo/Caixa/Brasília vivo na partida. Mas mesmo com toda a luta, a equipe da capital federal terminou o primeiro período perdendo o jogo por 24 a 16.

No segundo quarto, o Universo/Caixa/Brasília conseguiu equilibrar as ações em quadra. Em alguns momentos, com a defesa mais ajustada, aproveitando os erros dos adversários, o time da capital federal chegou a cortar a desvantagem no marcador para apenas sete pontos, como no arremesso certeiro de Ricky Sánchez, bem atrás da linha de três pontos. A equipe brasiliense, entretanto, não conseguiu manter o bom ritmo e sofreu com as faltas pessoais de seus atletas, como o próprio Ricky Sánchez, que deixou a quadra com três faltas cometidas. A rotação de atletas promovida pelo técnico André Germano conseguiu impedir que o Pinheiros desgarrasse no marcador, mas a cesta do armador Bennett a poucos instantes do fim do primeiro tempo fez com que os donos da casa fossem para os vestiários vencendo por 37 a 27.

Na volta do intervalo, o Universo/Caixa/Brasília teve um bom início, impedindo que o Pinheiros tivesse tranquilidade no ataque. Mas o bom momento vivido em quadra não foi suficiente para impedir que os donos da casa conseguissem deslanchar na partida. Ofensivamente, o Universo/Caixa/Brasília não conseguiu impor o ritmo que vinha apresentando durante alguns momentos do primeiro tempo. Assim, o placar ao final do terceiro período apontava vitória parcial do Pinheiros por 57 a 40.

O último período foi bastante equilibrado. O Universo/Caixa/Brasília tentou a todo custo diminuir a vantagem do Pinheiros. A margem dos paulistas à frente, porém, se manteve sólida à medida que o quarto período se aproximava do fim. A vitória na parcial por apertados 22 a 21 deu ao Pinheiros o triunfo por 79 a 61.

“Começamos o jogo de uma forma lenta. Eles (o Pinheiros) abriram uma vantagem e tivemos que correr atrás o jogo todo. É difícil jogar assim quando estamos fora de casa e foi difícil encontrar uma forma de equilibrar o jogo”, analisou o ala/pivô Ricky Sánchez, autor de 12 pontos na partida desta quarta-feira.

“Acabamos não conseguindo executar o que foi combinado, principalmente no primeiro quarto. Temos que limpar nossa cabeça, até porque o jogo já passou e não podemos voltar atrás. Temos que superar os desfalques de três dos nossos principais jogadores e jogar também um pouco por eles para fazer um bom jogo contra o Joinville, que é importantíssimo para nós”, ponderou o ala Rafa Moreira.

O Universo/Caixa/Brasília embarca já nesta quinta-feira para Joinville, onde enfrenta os donos da casa nesta sexta-feira. A partida ocorre no Centreventos Cau Hansen, às 21h10.

Com informações da assessoria de imprensa

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2590 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *