Clássico dos extremos: Vasco e Flamengo jogam por objetivos diferentes no brasileirão

A expectativa para o clássico dos milhões vem tomando conta dos alvinegros e rubro-negros. Dessa vez, o grande jogo será no Mané Garrincha, palco fora do estado de origem dos clubes, mas bem conhecido das equipes cariocas. O momento dos times são bem diferentes, enquanto o Flamengo busca retomar a liderança, o Vasco é o novo morador do temido Z-4, graças à vitória na última quarta da Chapecoense-SC.

Vasco

A crise no cruzmaltino aumenta a cada dia. Essa semana, o técnico Alberto Valentim perdeu o meia Wagner, que pediu rescisão de contrato por não pagamento do FGTS pelo clube carioca. A pressão aumentou quando a Chapecoense-SC venceu e empurrou o Vasco para a 17ª posição, abrindo a zona de rebaixamento. A possibilidade do quarto descenso em 11 anos assusta a diretoria e uma vitória contra o seu maior rival é vista como um impulso na busca por posições melhores.

 

Flamengo

Pelo lado flamenguista, a luta é pelo título brasileiro. A equipe ocupa a quarta posição e está a pouco pontos do líder Internacional-RJ. O time vem de um empate dentro de casa contra o Corinthians-SP pelo jogo de ida da Copa do Brasil, resultado que deixou a torcida preocupada, pois mostrou a ineficiência do ataque vermelho e preto. A dúvida para Maurício Barbieri, técnico do Flamengo, é sobre qual centroavante poderá mudar esse cenário.

O Flamengo vem com força máxima e Uribe deve ser o centroavante escolhido por Maurício Barbieri. As mudanças no “camisa 9” são constantes, pois nem Henrique Dourado, Lincoln e Uribe conseguiram se firmar no time. E o time conta com um bom retrospecto quando os quatro meias da equipe jogam juntos, eles não perderam no ano quando são titulares.

Histórico do Confronto

Desde 1922 o clássico é disputado, já são 401 confrontos. Melhor para o Flamengo, que venceu 150 desses jogos, a equipe de São Januário venceu 137 e 114 jogos terminaram empatados. O equilíbrio também fica por conta dos gols marcados, são 521 pelo lado rubro-negro e 509 para o alvinegro. Os artilheiros das partidas, são dois ídolos dos clubes: Zico com 19 e Roberto Dinamite, 27.

Quando os confrontos são em terras brasilienses, muito equilíbrio. A primeira partida no estádio após sua reconstrução aconteceu em 14 de julho de 2013, pelo Campeonato Brasileiro, com vitória para o Flamengo por 1 a 0, gol de Paulinho. No mesmo ano, mas em 6 de outubro, agora pelo segundo turno, um empate em 1 a 1, gols de Willie (Vasco) e Hernane (Flamengo). As equipes voltaram a se enfrentar no estádio em 30 de março de 2016, agora pelo Campeonato Carioca, com mais um empate em 1 a 1, Riascos, Vasco e Marcelo Cirino, Flamengo, foram os autores dos tentos. Quase um ano depois, em 26 de março de 2017, novamente pelo Campeonato Carioca, um resultado comum: empate. Nesse último confronto, reclamações com arbitragem e gols de Willian Arão e Berrío pelo rubro-negro, e Nenê e Pikachu, pelo Vasco.

Esquema de Segurança

O jogo entre Flamengo e Vasco – terceira partida do Campeonato Brasileiro em Brasília em 2018 –, neste sábado (15), contará com um esquema especial de trânsito na região próxima ao estádio Mané Garrincha. A alteração será a partir das 15h, horário de abertura dos portões.

Segundo o Detran, serão montados oito pontos de controle de trânsito para de melhorar o fluxo de veículos e pedestres. Equipes em patrulhamento também atuarão em toda a região.

Quem for acessar os estacionamentos do Parque da Cidade, do Centro de Convenções e da Funarte, contará com pontos de travessia montados na via S1, altura da Funarte, e na via N1, ao lado do Centro de Convenções.

Também haverá espaço para a travessia de pedestres na via que contorna o estádio e dá acesso ao estacionamento leste. Por esse mesmo local, devem entrar os torcedores que acessarem o Mané Garrincha vindos da rodoviária do Plano Piloto e da W3 Norte.

Ingressos

Setores

  • Superior – inteira: R$ 100 / meia-entrada: R$ 50
  • Hospitality – inteira: R$ 120 / meia-entrada: R$ 60
  • Inferior – inteira: R$ 140 / meia-entrada: R$ 70
  • Camarote – inteira: R$ 200 / meia-entrada: R$ 100

*Além dos casos previstos em lei, tem direito a meia-entrada quem levar 1 kg de alimento não perecível.

Pontos de venda

  • Lojas Free corner (Gilberto Salomão, Pátio Brasil, 304 sul e Terraço Shopping)
  • Lojas Globo Esporte (Taguatinga Centro e Taguatinga Shopping)
  • Loja Grandes Torcidas (308 Sul)
  • Lojas oficiais de Vasco e Flamengo (308 Sul).
  • Site MeuBilhete.com

FICHA TÉCNICA

VASCO x FLAMENGO

Campeonato Brasileiro da Primeira Divisão 2018 – 25ª rodada

15/09/2018 – 19h

Estádio Mané Garrincha, Brasília-DF

Arbitro: Luis Flávio de Oliveira-SP

A1: Marcelo Van Gasse-SP

A2: Miguel Cataneo-SP

4º Árbitro: Lehi Sousa-DF

5º Árbitro: Christiano Nascimento-DF

6º Árbitro: Rafael Diniz-DF

 

VASCO

Martín Silva; Lenon, Werley, Leandro Castán e Ramon; Andrey, Willian Maranhão e Thiago Galhardo; Kelvin, Andrés Ríos e Maxi López.

Técnico: Alberto Valentim.

 

FLAMENGO

Diego Alves; Rodinei, Léo Duarte, Réver e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá, Diego e Everton Ribeiro; Vitinho e Uribe.

Técnico: Maurício Barbieri.

Por João Marcelo

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2500 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *