Brazlândia perde julgamento por técnico irregular e terá de pagar multa

Em julgamento realizado nesta terça-feira (11), o Tribunal de Justiça Desportiva do DF julgou o caso de escalação irregular do técnico João Gomes (foto acima), que comandou o Grêmio Esportivo Brazlândia durante a Segunda Divisão deste ano – o clube acabou sendo eliminado na primeira fase semana passada.

Segundo a denúncia, o treinador comandou o clube na estréia da Garça na Segunda Divisão no dia 19 de agosto (goleada por 7×0 diante do CFZ). Entretanto o treinador somente teve seu nome efetivado no BID no dia 21. O Regulamento da competição previa a regularização dos treinadores seguindo orientação da CBF, e estava expresso no artigo 6º, parágrafo 3º.

O clube foi punido com multa de R$ 10 mil enquadrado no artigo 191, Parágrafo III do CBJD, que é o de descumprir Regulamento Específico da Competição. Veja abaixo na íntegra a decisão da Primeira Turma do CD à respeito do caso. A decisão cabe recurso.

“Processo Nº 043/2018 – DENUNCIADO-Grêmio Esportivo Brazlandia
TIPIFICAÇÃO: Art. 191, III, do CBJD.
Auditor Relator: Dr. Edvaldo.
RESULTADO: “Por unanimidade, julgar procedente a denúncia e aplicar a pena contida no art. 191, III, do CBJD, de multa de R$ 10.000,00 (dez mil reais). À unanimidade. Fixando o prazo de 7 dias, contados do transito em julgado, para que sejam comprovados nos autos o recolhimento do total da pena pecuniária imposta, observe a laboriosa Secretaria do TJD-DF, a imperiosidade de certificar nos autos o eventual descumprimento das penas impostas, com consequente encaminhamento dos autos a D. Procuradoria para fins de adoção das providencias pertinentes quanto ao
disposto no art. 223 do CBJD”.

 

Por Marcelo Gonçalo

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2840 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *