Jobson desencanta, Capital goleia, avança às semis da Segundinha e CFZ dá adeus

Na manhã deste sábado (8), pós-feriado da Independência do Brasil, o Capital/UnB recebeu o CFZ no Estádio Walmir Campelo Bezerra, o Bezerrão, para abrir a 5ª e última rodada da Segunda Divisão do Campeonato de Futebol do Distrito Federal. Enquanto a Coruja do Cerrado buscava classificar-se para as semifinais da competição, os adversários apenas cumpriam tabela. No fim, os mandantes confirmaram o favoritismo e aplicaram uma goleada por 5 x 1.

Mas foi justamente a garotada do CFZ que saiu na frente com o gol de André na primeira etapa. Entretanto, o Capital virou ainda nos 45 minutos iniciais e conseguiu abrir uma goleada na etapa regulamentar. Com dois de Jobson, que desencantou e voltou a marcar atuando como profissional e três de Fabinho, o time comandado pelo técnico Hugo Almeida garantiu o placar 5 x 1 e está classificada para a fase subsequente do certame. O CFZ se despediu.

Quem não faz, leva

Ao soar do apito inicial, as equipes investiram no toque de bola. A troca de passes rápida do Capital, envolveu a defesa do CFZ e nos primeiros minutos a Coruja levou bastante perigo para o gol de João. Do minuto cinco ao sete, Jobson desperdiçou várias chances de abrir o placar. Na primeira tentativa, o atacante quis driblar o arqueiro e acabou saindo com bola e tudo. Aos 6’, o passe de Ruan Neres foi preciso, mas Jobson estava em posição irregular.

Após muito tentar, principalmente em cruzamentos e escanteios, o Capital sofreu com a máxima do futebol: quem não faz, leva. O CFZ, que até os 23 minutos pouco criou no ataque, não desperdiçou sua primeira chance de perigo. Marcos recebeu livre pela esquerda e carregou a pelota até a grande área. Em um chute lateral, o atacante encontrou André, que vinha em velocidade. De supetão, o camisa nove mandou para o gol de ABC, abrindo o escore a favor dos visitantes.

A bagunça foi generalizada por alguns minutos no elenco da Coruja, mas as tentativas com Jobson não cessaram. Aos 26 minutos, o atacante recebeu bom passe de Fabinho e mandou forte chute pela esquerda do gol de João. No lance seguinte, Jobson chutou forte, frente a frente com o guarda metas, que defendeu com os pés, ao melhor estilo futsal.

A última tentativa do CFZ no primeiro tempo saiu dos pés de Vitinho.  Aos 36’, o atacante, sozinho e de frente para a zaga, pedalou e chutou forte no canto esquerdo, mas ABC encaixou. Três minutos mais tarde, o Capital chegou à virada relâmpago. Aos 39’, Fabinho mandou um forte chute de fora da área, empatando a partida. Logo em seguida, o mesmo Fabinho marcou novamente, virando a peleja no final e fechando o primeiro tempo da partida.

Jobson desencanta e conduz Capital à goleada

O segundo tempo começou positivo para o Capital. A Coruja chegou ao terceiro tento logo aos dois minutos. Após três anos sem balançar as redes jogando futebol profissional, Jobson, enfim, retornou. Depois de um bate e rebate na área, a bola sobrou para o atacante, que não desperdiçou. De dentro da pequena área o camisa sete finalizou seu jejum de gols e comemorou como quem tirasse um peso de si, passando as mãos pelo corpo.

Jobson, emprestado pelo Brasiliense ao Capital, foi um dos nomes do jogo. Foto: Gabriel Caetano/ascom Capital C. F.

Por mais que o CFZ tentasse algo, os oponentes aprenderam a dominá-los. O toque de bola envolvente do Capital finalmente conseguiu capturar os garotos treinados por Eduardo Carlos que pouco levaram perigo ao clube azul turquesa. Na marca dos 22 minutos, Jobson marcou novamente, ampliando para o Capital. E novamente de rebote. Após ter chutado em cima de João, o atacante não desperdiçou na segunda oportunidade: 4 x 1 no placar.

O maior pecado do Capital foram os gols perdidos. Se no primeiro tempo foi com Jobson, no segundo foi com Wisman. E foram muitos. E alguns muito próximos das metas do CFZ, o que causou muito desconforto na torcida presente. De qualquer forma, após muito martelar, o quinto gol saiu. Dos pés de Fabinho, o time classificado deu números finais ao embate. O hat-trick do camisa 10, contudo, não garantiu à Coruja a liderança do Grupo A. Isso porque o Taguatinga, que venceu o Brazlândia por 3 x 1 no Augustinho Lima, marcou nove gols ao todo na primeira fase, um a mais que os oito do Capital, que avançou às semifinais na segunda colocação.

FICHA TÉCNICA

CAPITAL/UNB x CFZ

Campeonato Brasiliense 2ª Divisão 2018 – 5ª rodada

Estádio Bezerrão, Gama-DF – 08/09/2018 10h

Árbitro: Emanoel Ramos

A1: Gusthavo Souza

A2: Davi Pinheiro

Árbitro: Adriano Luiz

Inspetor: Geufran Oliveira

Delegado: José Roberto

CAPITAL/UNB

ABC; João Magalhães, Jonatas, Kilberty e Fabrício Teixeira (Fernandinho); Paulinho Duarte, Dougão (Vinícius Lucas), Fabinho, Ruan Neres (Guilherme Pereira) e Wisman; Jobson.

Técnico: Hugo Almeida.

Gols: Fabinho (39’ e 40’ – 1º T e 50’ – 2º T) e Jobson (2′ e 22′ – 2º T).

Cartão amarelo: Wisman.

Cartão vermelho: não houve.

CFZ

João; Bahia, Moiporá, Biro-Biro e Samuel (Israel); Emanoel, Pedro e Guilherme; André (Marlon), Vitinho e Marcos.

Gol: André (23’ – 1º T).

Cartão amarelo: Não Houve.

Cartão vermelho: não Houve.

Por Gabriel Felipe

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2924 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Um comentário em “Jobson desencanta, Capital goleia, avança às semis da Segundinha e CFZ dá adeus

  • Avatar
    8 de setembro de 2018 em 16:55
    Permalink

    Parabéns pela a cobertura da segunda divisao.eu que sempre vou ao estádio acho importante essas informações

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *