Derrotas culminam na saída de Davi Lima do Glorioso do Cerrado

Três jogos, uma vitória e duas derrotas, esses foram os números de Davi Lima no comando do Botafogo-DF em 2018. O desempenho não foi o esperado e culminou com a saída em comum acordo do técnico. A equipe alvinegra busca um novo em caráter emergencial, já que restam apenas dois jogos na primeira fase e as chances de classificação do clube são pequenas.

O bom campeonato do Glorioso do Cerrado em 2017, onde por pouco não conseguiu o acesso, fez a diretoria do Botafogo-DF apostar novamente no nome de Davi. O comandante da equipe fez boa pré-temporada com seu elenco e era tido como forte candidato à primeira divisão de 2019.

A estreia, contra o Cruzeiro, outro candidato a subir, veio com uma boa vitória por 2 a 0. A derrota diante do Legião, fez o clube tomar seu primeiro baque. O alvinegro abriu o placar e viu os garotos buscarem o resultado positivo com três tentos. O segundo revés foi contra o Brasília, no último sábado, por 2 a 1. Os resultados negativos deixaram o clube em situação bastante delicada, para continuar vivo na disputa precisa vencer a próxima partida, agora sem Davi Lima.

O técnico e o clube participaram de uma reunião durante a noite de segunda (27) e acertaram a saída do comandante. A equipe busca um novo nome para os dois jogos próximos (SESP/Samambaense e Planaltina EC), alguns já foram cogitados, mas nenhum confirmado até o momento.

Por João Marcelo

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2616 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *