É CAMPEÃO!!! Minas Icesp bate Cresspom na final e conquista o tricampeonato

Pelo segundo ano consecutivo, o Minas Icesp superou os seus adversários e conquistou de forma invicta o título candango. Depois de levantar o caneco em 2016 e 2017, as “Minas” confirmaram a ótima fase e venceram o rival Cresspom no jogo de volta da final realizado na manhã deste domingo no estádio Abadião.

Com o resultado, o Minas Icesp contabilizou o seu terceiro título candango consecutivo, a três conquistas de distância do Cresspom que possui seis.

Oportunidade desperdiçada e jogo morno

De última hora, o técnico Marinho decidiu escalar a atacante Joyce no lugar de Cirlene. E por pouco a aposta do treinador não deu certo. Com apenas dois minutos de bola rolando, a atleta recebeu na pequena área, chutou cruzado e a goleira Kris praticou a defesa.

A resposta do minas veio apenas cinco minutos depois. A meia Victória Albuquerque recebeu em velocidade na pequena área e tentou encobrir a goleira Jéssica que conseguiu defender. Em seguida o jogo ficou muito truncado no meio de campo, com quase nenhuma oportunidade para ambas as equipes.

Aos 29′ o Cresspom teve a chance de abrir o placar. Bruna apareceu de surpresa nas costas da zaga e ficou cara a cara com Kris. Mas na hora de correr para o abraço a atacante chutou por cima, isolando a bola e desperdiçando grande chance.

No finalzinho, o Minas ainda teve duas boas chances. Na primeira Bárbara deu um voleio na pequena área que assustou Jéssica. E no último minuto Victória Albuquerque cobrou falta e a bola passou perigosamente na frente do gol.

Foto: Haland Guilarde/DF Sports

Só deu Minas

Se no primeiro tempo a postura do Minas Icesp era a de esperar o adversário e contra atacar, no segundo tempo foi muito diferente. O técnico Singol Santos colocou a sua equipe muito mais ofensiva e desde o primeiro minuto foi em busca da vitória.

Nos primeiros segundos de jogo, Bárbara recebeu lançamento na pequena área e foi derrubada. O árbitro Rodrigo Raposo mandou o jogo seguir. Aos dois minutos, Victória tabelou com Novinha que chutou por cima do gol de Jéssica.

Aos quatro minutos o Minas conseguiu abrir o placar. Bárbara recebeu na pequena área e foi derrubada por Camilão. Victória bateu no cantinho direito e marcou. Quatro minutos depois Victória cruzou bola na área e Bia por pouco não marca o segundo.

Aos 12′ as Minas enterraram qualquer chance de reação do Cresspom. Bárbara recebeu lançamento, avançou com bola dominada e mesmo marcada por três defensoras conseguiu tocar no cantinho esquerdo do gol de Jéssica. Mal se recuperou do golpe, o Cresspom levou o terceiro: Bárbara rouba bola no ataque e cruzou para Novinha sem marcação estufar as redes de Jéssica.

O Cresspom ficou totalmente perdido em campo. Sem poder de reação, o Minas Icesp quase amplia o placar aos 18′ quando Victória deu um lindo passe por cobertura para Bárbara, que chutou em cima de Jéssica. Novinha ainda tentou duas vezes ampliar o placar, mas sem sucesso.

Somente nos minutos finais, o Cresspom ensaiou uma reação e foi em busca do gol de honra. Aos 35′, Cirlene teve a chance de descontar em cobrança de falta próxima à grande área, mas o chute foi muito forte, sem perigo para Kris. E foi assim até o apito final do árbitro. Festa da torcida e das jogadoras no Abadião.

Depois da disputa de quatro competições e se sagrar campeão em três delas (Campeonato Brasileiro da Série A2, Campeonato Candango de Futsal e Candangão Feminino), o Minas Icesp ainda tem a possibilidade de brigar pelo título de Campeão dos Jogos Universitários (JUBS) no Futsal. Já o Cresspom não tem do que reclamar: com o vice-campeonato, a equipe da Polícia Militar está classificada para a seletiva do Campeonato Brasileiro da Série A2 em 2019.

FICHA TÉCNICA

MINAS ICESP 3 x 0 CRESSPOM

Campeonato Candango de Futebol Feminino 2018 – Final – Jogo de Volta

Estádio Abadião, Ceilândia-DF – 26/08/2018, 1oh

Público:

Renda:

Árbitro: Rodrigo Raposo

A1: Muller Aniceto

A2: Robson Barbosa

4º árbitro: Pedro Alves

Analista de Campo:Cláudia Rodrigues

MINAS ICESP

Kris; Laine (Ana Keyla), Kaká, Andiara e Jéssica; Drica, Bia (Dani), Robinha (Luyara) e Victória Albuquerque; Bárbara (Eliúde) e Novinha (Tainá).

Técnico: Singol Santos.

Gol: Victória Albuquerque (4’ – 2º T), Bárbara (12’ – 2º T) e Novinha (13’ – 2º T)

Cartões amarelos: Não houve.

Cartão vermelho: Não houve.

CRESSPOM

Jéssica; Jajá (Vil), Camilão, Kattu e Helena (Vilma); Danúbia, Pepê, Bruna (Pitty) e Bruninha; Rato e Joyce (Cirlene).

Técnico: Marinho.

Gols: Não houve.

Cartão amarelo: Rato, Pitty e Danúbia.

Cartão vermelho: Não houve.

Por Marcelo Gonçalo

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2843 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *