Divulgada tabela do Brasileiro de Seleções de Vôlei Feminino Sub-18. DF busca apoio

Conforme divulgado anteriormente pela equipe do DF Sports, a Seleção Brasiliense de Voleibol Feminino Sub-18 (Infanto Juvenil) disputará a Divisão Especial do Campeonato Brasileiro de Seleções entre os dias 21 e 26 de agosto, em São Sebastião do Paraíso-MG. A tabela da competição já foi divulgada pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e o Distrito Federal fará parte da Chave A, fazendo companhia a Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. Pela Chave B, São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Ceará fazem a composição do grupo.

A equipe do DF entra em quadra pela primeira vez na próxima quarta-feira (22), ao enfrentar as catarinenses, às 16 horas. Na quinta-feira (23), às 13 horas, o desafio será diante a seleção gaúcha. Por último, antecedendo as semifinais, Minas Gerais será mandante conta as brasilienses, sexta-feira, às 19 horas.

A equipe conseguiu o acesso à Divisão Especial graças à medalha de bronze conquistada na 1ª Divisão da categoria disputada em 2017, em Fortaleza-CE. A delegação formada por 12 atletas é constituída com base em resultados coletados em amistosos, treinos e avaliações feitas pela própria comissão técnica. Além disso, suas jogadoras são indicadas por treinadores de distintas equipes do cenário de Brasília. Atualmente, Brasília ocupa a 8ª posição no Ranking Nacional da CBV e um dos objetivos da equipe é melhorar tal colocação, tentado subir algumas posições na tabela.

Busca por apoio

Há apenas uma semana para o início da competição, no entanto, a equipe segue sem quaisquer apoiadores ou patrocinadores que colaborem com a seleção. Para que a equipe possa disputar o Brasileiro, é necessário o desembolso em viagens, hospedagem e alimentação de atletas e comissão técnica. Caso não consigam recursos suficientes, a presença da equipe não se fará possível, o que além de prejudicar todo o planejamento de treinadores e atletas, obrigará que a competição precise ser reformulada às pressas.

Como a Federação Brasiliense não possue recursos, a equipe permanece na busca por apoio de qualquer parlamentar que, por ventura, possa se interessar em colaborar com a situação do voleibol no DF. Fernando Alves dos Santos, treinador da equipe, descreve estar confiante no sucesso da situação, mas admite preocupação. “Eu estou tranquilo. Claro, preocupado com a situação, mas confiante que tudo vai dar certo. Estamos procurando apoio de algum empresário ou parlamentar que possa nos ajudar de última hora para que as meninas não percam o sonho e que o voleibol de Brasília não desça de nível, consequentemente de divisão, por falta de recursos e falta de apoio”, ponderou.

Por Gabriel Felipe

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2843 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *