Juniores: Leão se classifica com empate perante a Águia

A partida entre Paracatu e Real F. C. no estádio Beira-Rio, na tarde deste sábado (7), válida pelo Campeonato de Juniores do Distrito Federal 2018, prometia ser uma verdadeira batalha entre as equipes, principalmente após o time auri-anil reverter a vantagem da equipe do Noroeste mineiro na partida de ida, com a vitória de 2 x 1. E assim ocorreu.

Depois de sair perdendo para os donos da casa, os visitantes correram atrás e, com bastante garra, alcançaram o empate em 1 x 1 e avançaram para as semifinais do Candanguinho 2018. Agora o time do Park Way vai encarar o Legião, na luta por uma das vagas na final e, consequentemente, na Copa São Paulo de 2019.

Foi sofrido!

Pelo panorama do primeiro tempo, o bom público que compareceu ao estádio Beira-Rio para acompanhar o duelo entre os anfitriões e o time do DF, poderiam confiar na classificação para a terceira fase da competição de base mais importante da capital federal.

No entanto, o zagueiro Ítalo quase colocou seu time em situação ruim aos 11 minutos. Ele tentou cortar um cruzamento e, por pouco, não jogou contra o próprio patrimônio. Mas a bola saiu pela linha de fundo. Na cobrança o defensor relaense, Joeder, cabeceou, mas mandou por cima do travessão do goleiro Arthur.

Quando a partida estava equilibrada, os paracatuenses aproveitaram um contra-ataque bem tramado e inauguraram o marcador. Kanu avançou até a linha de fundo pela esquerda e cruzou nos pés de Davi. O atacante finalizou, mas Nikyson defendeu parcialmente. Na volta o mesmo camisa nove empurrou para a rede. Este foi o nono gol do artilheiro do Candanguinho 2018.

Aos 25 minutos Babu entrou na área e chutou, mas Nikyson mostrou reflexo e salvou o Real de levar o segundo gol. A partir daí o Real passou a pressionar, mas a defesa do Paracatu, bem armada, afastou todo o risco da zona perigosa. Assim foram os 45’ iniciais.

Para a volta do tempo complementar, o técnico Jean Rodrigues sacou dois atletas da equipe titular e lançou outros dois. Saíram o lateral esquerdo Raphael e o atacante Mário Sérgio, para as respectivas entradas de Paulo Henrique e Rangel. As trocas surtiram efeito e o Real partiu em busca do empate, que lhe daria a classificação.

Embora o segundo tempo fosse de poucas oportunidades de lado a lado, com várias jogadas um pouco mais ríspidas, o time visitante alcançou seu objetivo. Enquanto a equipe comandada pelo técnico Wesley Brasília se defendia, com chutões para frente, o plantel auri-anil buscava incessantemente o gol.

Assim, aos 27 minutos, o destaque da partida, Léo, passou por dois defensores adversários e, quando iria arrematar, foi derrubado dentro da área. Pênalti marcado pelo árbitro Almir Camargo. Um minuto mais tarde, o próprio camisa sete foi para a cobrança e converteu, empatando o duelo em 1 x 1. Era o que bastava para o jogo passar a ser disputado na base da garra, por ambos os times.

Mas ficou nisso e o Real se credenciou para enfrentar o Legião em uma das semifinais da competição de base do DF. A primeira partida entre os semifinalistas será realizada no próximo fim de semana, com mando do leão do Planalto. Dia, local e horário serão definidos em breve.

FICHA TÉCNICA

PARACATU 1 x 1 REAL F. C.

Campeonato de Futebol Júnior do Distrito Federal – quartas de final (volta)

Estádio Beira-Rio, Paracatu-MG – 07/07/2018, 15h30

Público:

Renda:

Árbitro: Almir Camargo

A1: Mateus Felipe

A2: Gilbert Camargo

4º árbitro: Jorge André

PARACATU

Arthur; Leandrinho, Ian, Ítalo e Tom; Pedro Reis, Max (Adriano) (Alan Cristian) e Gustavo; Babu (Adryan), Kanu e Davi.

Técnico: Wesley Brasília.

Gol: Davi (21’ – 1º T).

Cartão amarelo: Leandrinho.

Cartão vermelho: não houve.

REAL F. C.

Nikyson; Erick (Weverton), Joeder, Victor Guedes e Raphael; Mineiro, Douglas Felten e Guilherminho (Oscar); Léo, Mário Sérgio (Rangel) e Felipe (Emanuel).

Técnico: Jean Rodrigues.

Gol: Léo (28’ – 2º T).

Cartões amarelos: Rangel e Joeder.

Cartão vermelho: não houve.

Por Haland Guilarde

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2463 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *