Juniores – com foco definido na Copinha, Tsunami sua a camisa

Continuidade. Essa é a palavra de ordem nas categorias de base do Formosa. Assim a diretoria trabalha intensamente, juntamente da comissão técnica, para tentar alcançar o objetivo no 43º Campeonato Brasiliense de Futebol Juniores, que começa no próximo sábado, dia 19. A estreia do Verdão do Entorno será contra o Sobradinho, no estádio Diogão, às 15h30.

O escolhido para reger a comissão técnica é um estreante no cenário local. Trata-se de Ionay da Luz, de 56 anos, baiano bastante conhecido principalmente no futebol do Norte do país. Seu último clube foi o Ariquemes-RO. Ele será auxiliado pelo auxiliar Iron Fonseca (que também é coordenador da base do Formosa). Gil terá a missão de treinar os goleiros, Altino Gomes será o preparador físico, Robson França o massagista, além de João Batista, o mordomo.

Ao todo, 25 jogadores compõem o plantel do Tsunami do Cerrado. Sendo que, 15 são da cidade e vieram da categoria juvenil, que realizou uma boa campanha em 2017. Este será o modo de trabalho, dando seguimento na base, até chegar ao profissional. “Fazemos essa transição e vem dando certo. Não temos que mudar isso no clube”, alegou Iron Fonseca.

Ele ainda enaltece a importância de Edmundo Nunes (presidente da Câmara Municipal de Formosa) para a sequência do projeto. “Sem ele não iríamos nem participar do campeonato de juniores. Mas com o suporte que está nos dando, temos a oportunidade até de fazer uma excelente campanha”, explicitou Iron.

Com a disponibilidade do estádio Diogão para os jogos e treinamentos, o grupo ainda conta com mais dois campos para realizar os trabalhos de preparação, o Califórnia, além de outro chamado Saída Sul. As atividades começaram a apenas 15 dias, mas todos garantem que esse fator não será entrave para uma boa participação no Candanguinho. Os garotos que vieram de fora, moram em um alojamento bem estruturado dentro do próprio estádio.

O preparador de goleiros, Gil, tem três atletas à sua disposição, sendo um cria da casa. Foto: Haland Guilarde/DF Sports

A palavra do comandante

Empolgado com a possibilidade de abrir um novo mercado em sua carreira profissional, o técnico Ionay da Luz conversou com a equipe do DF Sports. Ele falou da amizade com Iron e o gosto pela cidade, além de ponderar sobre a importância de um recomeço. “É uma boa experiência. Eu me propus até pela curiosidade. Já havia conversado para treinar o profissional do Gama anteriormente, mas não deu certo. Agora estou aqui e pretendo mostrar meu potencial”, esclareceu.

Com quatro Copas São Paulo de Futebol Júnior no currículo, além da mesma quantidade de Copas do Brasil (profissional), Ionay explicou a tarefa de dirigir uma equipe sub-20. “Venho tentar estruturar a base e, se possível, o profissional. Mas o foco agora é a base, pois tudo depende de um bom trabalho. A base é mais difícil que o profissional, até porque você implanta filosofias e muitos deles não estão acostumados. Mas o desafio é grande e a expectativa é de fazer um grande campeonato e dar esse presente para a cidade e para o Iron, que é um sonho”, finalizou.

Por Haland Guilarde

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2815 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *