Botafogo-DF surpreende e acerta com Pedrinho Granato

A temporada de 2017  para os juniores do Botafogo-DF foi para ser esquecida. O alvinegro da estrela solitária foi eliminado na primeira fase com quatro derrotas e sem conquistar um ponto sequer, levando a diretoria do clube a adotar outra estratégia para esta temporada.

O ex-supervisor de futebol do Samambaia, Pedro Costa, ficou encarregado de fazer a montagem da equipe para 2018. O clube havia anunciado o nome de Jair Melo para comandar o time, porém, nesta semana o alvinegro surpreendeu ao anunciar o nome de Pedrinho Granato como novo treinador dos Juniores. Granato que havia declarado anteriormente que daria uma pausa na sua carreira, voltou atrás em sua decisão ao receber a proposta do Botafogo.

O jovem treinador foi o vice-campeão candango de 2017 comandando o Cruzeiro-DF, e foi o técnico que comandou o Carcará na Copa São Paulo, no início deste ano. “O Botafogo-DF fez uma proposta muito boa, o Pedrão (Pedro Costa) que é o gerente de futebol aqui é meu amigo. A gente teve um papo muito bom e demorado. Com isso, pela amizade que tenho com ele e pelo trabalho realizado no Samambaia, a gente resolveu fechar com o Botafogo”, explicou Pedrinho.

Com a chegada de Pedrinho, Jair Melo foi promovido a auxiliar técnico. A comissão técnica ainda conta com Danilo Maurício (preparador físico), Biro (preparador de goleiros) e Alisson (mordomo). O grupo de atletas, que hoje é composto por 20 atletas, treinam diariamente em um período na Chácara Mizuno, localizada em Taguatinga Norte. A expectativa é contar com no máximo 26 jogadores, provenientes de vários estados do Brasil e do DF. Existem atletas da Bahia, Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e até do Pará. Do elenco que disputou o Campeonato de 2017, permaneceram cinco atletas: O zagueiro Leonardo Moura, o volante João Victor, e os atacantes Jovino, Mateus e Pedro Barreto.

Os treinamentos estão intensos, com o objetivo de chegar para brigar pelo título. Foto: Lucas Bolzan/DF Sports

Com apenas uma semana de trabalho realizado, o técnico Pedrinho Granato sabe que terá que pular etapas, afim de colocar um time competitivo para a estréia no Candaguinho. “Hoje a gente ainda está em formação do elenco, sei que está muito perto de começar o campeonato. Estamos tentando fechar o elenco o mais rápido possível. Muitas peças de fora, isso é muito bom porque às vezes o jogador de Brasília é meio “viciado” e acaba que o que vem de fora chega com mais vontade. O que eu quero é estar por dois anos seguidos na Taça São Paulo” revelou.

Otimista, Pedrinho avalia que poderá brigar novamente pelas primeiras colocações do Candanguinho, agora pelo Botafogo-DF. “Se eu não tivesse essa condição eu nem estaria aqui hoje. Então, acho que o meu foco é a Taça São Paulo. Conversei com o Pedrão e com o Jair, meu auxiliar técnico, para a gente buscar essa vaga, e o que estão nos dando hoje nos dá totais condições para conquistá-la”, finalizou.

O Botafogo-DF estreia no dia 19 de maio diante do Planaltina E. C., provavelmente no estádio Abadião da Ceilândia.

Por Marcelo Gonçalo

Marcelo Gonçalo

Formado em Sistemas de Informação, optou pela carreira de Jornalismo a partir de 2008. Jornalista, comentarista e narrador esportivo, foi o principal repórter do site BloGama até 2018.

Marcelo Gonçalo tem 2841 posts e contando. Ver todos os posts de Marcelo Gonçalo

Avatar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *